MENU

Confiança e parceria na reestreia de Márcio e Benjamin nas praias

Confiança e parceria na reestreia de Márcio e Benjamin nas praias

Atualizado: Segunda-feira, 25 Julho de 2011 as 3:01

Márcio e Benjamin treinam em Fortaleza 

(Foto: Luana Andrade/Globoesporte.com)

  Sete anos. Esse é o tempo que a dupla do vôlei de praia Márcio e Benjamin ficou separada. Mas eles vão dar um corte nessa abstinência em poucos dias. Nesta semana, a dupla reestreia a nova parceria no Grand Slam da Polônia, em Stare Jablonki.

A parceria e a amizade entre os jogadores é tão forte que o nervosismo da estreia nem está rondando a nova/velha dupla.

- Está tudo tranquilo. Nós temos um objetivo e temos que focar nele. Vamos aproveitar essa oportunidade de jogarmos juntos novamente e vamos conquistar o nosso objetivo que é a vaga nas Olimpíadas (de Londres, em 2012) - declara Benjamin.

- Eu e o Benjamin estamos em um plano emergencial. Aconteceu tudo tão rápido, mas estamos em vantagem porque conhecemos um o jogo do outro. A gente se encaixa muito bem. O tempo que nós temos é pequeno, não vai ser fácil se adaptar um ao outro no jogo, mas nós temos a vantagem de termos jogados juntos - constatou Márcio.

Os dois foram campeões brasileiros, em 2002, e representou o País nas Olimpíadas de Atenas, em 2004. Após o fim da parceria com Ricardo, Márcio convidou o seu ex-companheiro de jogo sul-mato-grossense. O convite para jogarem juntos novamente foi inesperado.

- Foi uma surpresa para mim. A gente sempre conversava sobre nossos jogos, como estava o desemprenho de cada um. Nunca perdemos contato - admite Benjamin.

A dupla acredita que a união e cumplicidade é um fator que conta na hora de jogar na areia e conquistar seus objetivos.

- Eu e o Benjamin temos muita cumplicidade. Quando nós jogávamos separados, eu torcia para ele e ele torcia para mim. Eu posso dizer que ele é meu único amigo de verdade no vôlei - declara Márcio.

- Nós alcançamos todos os nossos objetivos, conquistamos muita coisa juntos. Esse ano não vai ser diferente - declara Benjamin.

Relembre momentos de Márcio e Benjamin jogando juntos

 A dupla já passou por todo tipo de situação quando jogava. Uma delas foi a apendicite que acometeu Márcio Araújo. O jogador de vôlei de praia teve que se afastar das arenas por alguns meses para se recuperar prontamente.

Benjamim teve que esperar pacientemente o retorno do companheiro para re-editar a dupla de sucesso.

Jogos Olímpicos 2012

A dupla acredita que é possível conquistar a segunda vaga brasileiro para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. A primeira está praticamente garantida para Alisson e Emanuel. No caso, antes da separação inesperada de Ricardo, Márcio Araújo já era o segundo no ranking de vagas para o Brasil nas Olimpíadas.

E por falar na separação de Ricardo, Márcio preferiu não comentar sobre o assunto. Mas, na semana passada, ele já havia se dito magoado com a separação sem maiores explicações por parte de Ricardo, que terminou a parceria para se juntar, primeiro a Pedro Solberg (flagrado emdoping), e depois a Pedro Cunha.

- Eu me sinto favorito para essa vaga. Vamos conquistar esse sonho olímpico - afirma Benjamin.

 - Tudo é possível. A gente tem que aproveitar o momento e se adaptar um ao outro. Eu já fui para uma olimpíada e o Benjamin também, conhecemos o clima de uma - afirma Márcio. Em 2008, nos Jogos Olímpicos de Pequim, Márcio Araújo foi medalhista de prata, ao lado de Fábio Luiz.

O técnico da dupla, Ronald Rocha, acredita que o tempo que os dois não jogam juntos não será um problema para o entrosamento.

- Apesar de não jogarem juntos há muito tempo, eles conhecem o jogo um do outro. Já se enfrentaram muitas vezes. Acredito que temos muita chance e dá para conseguir essa vaga tranquilamente – afirma Ronald.            

veja também