MENU

Confiante após gols, Kaká afirma: 'Barcelona não é imbatível'

Confiante após gols, Kaká afirma: 'Barcelona não é imbatível'

Atualizado: Domingo, 10 Abril de 2011 as 9:08

Por GLOBOESPORTE.COM Madri

Kaká comemora dois gols contra Bilbao (Foto: AP)   Parece que os jogadores do Real Madrid confiam bastante na possibilidade de levantar o caneco no Campeonato Espanhol . Mesmo a oito pontos do líder Barça, o brasileiro Kaká, que marcou dois gols na vitória por 3 a 0 no último sábado contra o Bilbao, reafirmou o objetivo do clube merengue e ressaltou a alegria de defender a equipe.

- Os dois gols foram muito importantes para minha confiança pessoal. Espero conquistar os fãs com o tempo e com as partidas. O Real pode ganhar deles, o Barcelona não é imbatível - afirmou.

Outro jogador que mostrou o espírito do Real foi o goleiro Casillas. Para o espanhol, o time continua com chances no Espanhol.

- O Real vai lutar por essa competição até o final, até que se esgotem as possibilidades matemáticas, porque foi assim que aprendemos. Temos que seguir ganhando para que o líder não pense que o campeonato está acabado. Ninguém sabe o que pode acontecer e como o campeonato pode se modificar em um momento.

O arqueiro também comentou sobre o cartão amarelo que tomou na partida contra o Bilbao, o time contra o qual estreou pelo Real Madrid, há onze anos atrás.

- Fui retirar um papel que jogaram no campo e o juiz interpretou que era perda de tempo, mas não foi minha intenção, acontece. Mas depois do Bernabéu, esse campo é o mais especial para mim - concluiu.

Dívida com o Real Madrid

Ainda sobre o jogo de sábado, o meia Kaká contou sobre as dificuldades após a lesão no joelho esquerdo. O meia, que não iniciava uma partida como titular no Real desde fevereiro, ainda lembrou de exaltar o apoio do técnico José Mourinho.

- Ele me ajudou muito e agradeço demais o que está fazendo por mim. Sinto que tenho essa dívida com o Real Madrid e me incomoda não estar respondendo às expectativas. O problema é o joelho, que me impede de dar o máximo - concluiu

veja também