MENU

Confiante, Robinho não teme Lucas e diz: 'Gostaria que Fabuloso jogasse'

Confiante, Robinho não teme Lucas e diz: 'Gostaria que Fabuloso jogasse'

Atualizado: Terça-feira, 10 Maio de 2011 as 9:27

O meia Robinho mal chegou ao Avaí e já foi escalado para enfrentar o São Paulo pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, que terminou com o placar de 1 a 0 para o Tricolor. Sem tempo para ser apresentado oficialmente nesta sua segunda passagem pelo clube, o jogador já vai para sua segunda partida na equipe nesta quinta-feira, às 21h50m (de Brasília), na Ressacada, pelo confronto de volta contra o time paulista. Mais maduro, ele demonstra extrema confiança na classificação e não teme os craques do adversário.

- A gente vai atacar, vai para cima. Vamos tentar ganhar o jogo e eu tenho certeza que vamos conseguir. O (meia) Lucas está jogando muito e a entrada dele vai dificultar, mas ele também ficou vários dias sem jogar, vai cansar um pouco mais rápido. Eu também gostaria que o Fabuloso jogasse porque o espetáculo ficaria mais bonito.

Após defender o Avaí em 2010, Robinho voltou ao Santos este ano. Mas, sem espaço, pediu sua liberação e assinou contrato de três anos com a equipe catarinense.

- Com Elano e Paulo Henrique (Ganso) no meio campo fica meio difícil de ter espaço. Também tem o Alan Patrick, da Seleção Brasileira Sub-20, e o Felipe Anderson, que está chegando em um momento muito bom. Então vi que ia ficar um pouco difícil para eu jogar e resolvi pedir para voltar - explicou.

O meia espera por temporadas de sucesso à frente do clube, e comparou o atual elenco ao do ano passado.

- O elenco tem jogadores mais experientes. É uma equipe mais técnica, de toque de bola. Ano passado os jogadores eram baixos e rápidos. Espero que possamos fazer uma campanha muito melhor que fizemos no ano passado e conquistar títulos. Vim para cá para isso – afirmou o jogador, fez um trabalho de reforço muscular na segunda-feira e ainda não participou do treino técnico comandado por Silas.

Para se classificar, o Avaí precisa vencer por dois gols de diferença. O empate dá a vaga ao São Paulo. Se o placar do primeiro jogo se repetir a favor dos catarinense, a decisão será nos pênaltis.          

veja também