MENU

Confronto entre os Américas promete: liderança isolada e G-4 em jogo

Confronto entre os Américas promete: liderança isolada e G-4 em jogo

Atualizado: Sexta-feira, 18 Março de 2011 as 9:56

No confronto dos xarás, América-MG e América-TO entrarão em campo nesta sexta-feira pensando muito além do que apenas conquistar três pontos. O jogo será às 20h (de Brasília), na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Para o América, da capital, a partida vale a invencibilidade e a liderança isolada: em seis jogos, o Coelho teve cinco vitórias e em empate. Além disso, o time do técnico Mauro Fernandes tem o artilheiro do estadual, Fábio Júnior, que marcou dez gols. Na última partida, o América-MG venceu o Guarani-MG por 4 a 2, de virada, com três gols do artilheiro.

Já o América, de Teófilo Otoni, buscará a vitória para entrar no G-4. O time do interior ocupa a quinta colocação, com nove pontos. Mesmo em caso de vitória, o América-TO terá de torcer por outros resultados para se manter no G-4, como uma vitória do Atlético-MG sobre o Villa Nova, atual quarto colocado. Em seu último confronto, o Dragão goleou o Funorte por 5 a 1. O time de Gilmar Estevam ainda tem um dos artilheiros do Campeonato Mineiro: o atacante Jonatas Obina, com seis gols.

O Canal Premiere, pelo sistema pay-per-view, transmitirá o confronto a partir das 19h50m. O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partida, em Tempo Real e com vídeos exclusivos, a partir das 19h30m. O árbitro do jogo será Ronei Cândido Alves (FMF), auxiliado por Guilherme Dias Camilo (CBF/FMF) e Ricardo Vieira Rodrigues (FMF).

América-MG: Para o Coelho, além da invencibilidade no Campeonato Mineiro, a partida vale a liderança isolada do torneio. Caso o Coelho, segundo colocado, vença o América-TO, e o Cruzeiro, atual líder, perca ou empate a partida contra o Funorte, a equipe alviverde poderá assumir a ponta. Mas independentemente do resultado da Raposa, caso o América-MG conquiste os três nesta sexta, depende só de si para terminar a primeira fase na liderança, já que tem um jogo a menos que o rival.

América-TO: O time de Gilmar Estevam buscará voltar ao G-4. Na segunda rodada, a equipe chegou a entrar no grupo dos quatro primeiros, mas depois, caiu para sétimo, tendo se recuperado na última rodada, assumindo o quinto lugar. Na pior das combinações, o América-TO poderia voltar à sétima posição, caso ou Tupi ou Guarani-MG, que se enfrentam nesta rodada, vença a partida, e a Caldense passe pelo Ipatinga.

América-MG: O técnico Mauro Fernandes poderá contar com a volta do goleiro Flávio, que não disputou o último jogo, contra o Guarani-MG, por motivos pessoais. Por outro lado, o zagueiro Gabriel e o meia Leandro Ferreira, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo, estão fora. O restante da equipe será a mesma que venceu o último jogo. Uma novidade, no entanto, está no banco: o atacante Euller, que nesta semana completou 40 anos, foi relacionado.

O América-MG deverá entrar em campo com: Flávio; Marcos Rocha, Micão, Otávio e Rodrigo; Dudu, Moisés, Irênio e Camilo; Fábio Júnior e Luciano.

América-TO: O Dragão entrará na Arena do Jacaré com força máxima. Nenhum jogador está suspenso ou no departamento médico. O meia Wellington Bruno, que ficou fora do último jogo após ser expulso na partida contra o Cruzeiro, poderá atuar.

Com isso, Gilmar Estevam deverá montar o time com: Fábio Noronha, Osvaldir, Jadson, Luís Henrique e Bruno Barros; Luisinho, Felipe Dias, Wellington Bruno e Chris; Jonatas Obina e Rogélio Ávila.

América-MG: Como sempre, Fábio Júnior é o grande destaque do elenco alviverde. O jogador, de 33 anos, é artilheiro do Campeonato Mineiro, com dez gols. Na última partida, ele marcou três dos quatro gols da vitória do Coelho na partida contra o Guarani-MG.

América-TO: O atacante Jonatas Obinas é o que mais pode oferece riscos à zaga do xará da capital. O jogador tem seis gols neste Mineiro, atrás apenas de Fábio Júnior.

Otávio, zagueiro do América-MG: 'Espero fazer uma grande partida. Temos que tomar cuidado com o Obina, mas não só com ele, e sim com o ataque do América-TO como um todo, que é muito forte e veloz. Não apenas eu, mas também o Micão e Marcos Rocha têm que tomar muito cuidado'.

Luís Henrique, zagueiro do América-TO: 'Sabemos da dificuldade que vamos encontrar, mas temos confiança no trabalho da equipe. Temos plenas condições de surpreender o adversário e vencer a partida, para isso é necessário desenvolvermos o bom futebol que temos apresentado fora de casa. Fábio Junior é um jogador diferenciado, considerado um veterano, mas se deixar a bola chegar, ele sabe fazer gol. Temos que tentar diminuir os espaços para dificultar a ação dele no ataque'.

A última vez que os Américas se enfrentaram foi pelo Campeonato Mineiro de 2010. A partida, no Estádio Nassri Mattar, terminou empatada em 0 a 0.        

veja também