MENU

Confusão e troca de xingamentos marcam aprovação da Arena Palestra

Confusão e troca de xingamentos marcam aprovação da Arena Palestra

Atualizado: Terça-feira, 1 Junho de 2010 as 8:05

A situação do Palmeiras conseguiu aprovar já na madrugada desta terça-feira a construção da nova Arena Palestra Itália. Mas a reunião do Conselho Deliberativo não foi comum: segundo apurou a reportagem , o debate foi marcado por muita confusão e troca de xingamentos.

"O que eu pude perceber foi uma troca de xingamentos e provocações entre conselheiros de situação e oposição. Mas a turma do 'deixa-disso' logo chegou para acalmar os ânimos. Porém, a oposição já estava toda fora da sala. Tinham desistido de votar", afirmou um conselheiro da situação que esteve na reunião.

Apesar das brigas, a situação conseguiu aprovar com ampla folga o novo estádio do Palmeiras. No total, foram 126 votos a favor do projeto, dois contra e 101 abstenções.

Para evitar a derrota nas urnas, a oposição decidiu fugir do pleito para não arranhar a imagem do grupo em ano de eleição presidencial do Palmeiras, o que facilitou para a situação. Mas os opositores devem tentar uma manobra judicial para impugnar a votação.

O clima de discórdia envolvendo a votação estava instalado no Palmeiras desde o início da noite. Por volta das 19h, cerca de 50 sócios ligados à situação e que não teriam acesso à reunião já estavam no local distribuindo panfletos.

O grupo chegou inclusive a estacionar um caminhão de som na porta do Palestra Itália para protestar. Membros da oposição foram coagidos pelos manifestantes para se posicionarem em prol da Arena.

“O Palmeiras é um time de futebol, lembrem disso. Façam algo direito pelo menos uma vez. A Arena servirá para colocar o Palmeiras lá em cima mais uma vez, e para gerar dinheiro para montarmos um bom time”, bradou um dos manifestantes ao microfone para os conselheiros.

A Arena Palestra está orçada em R$ 300 milhões e será custeada pela W.Torre. Em troca, a construtora terá o direito de gestão do Arena por 30 anos. Para viabilizar o negócio, a construtora entrou na disputa política do clube e, na última semana, chegou até a divulgar um vídeo para motivar a votação em prol da reformulação do estádio do time alviverde.

veja também