MENU

Conselho deliberativo do Fluminense rejeita contas de 2010

Conselho deliberativo do Fluminense rejeita contas de 2010

Atualizado: Sexta-feira, 1 Abril de 2011 as 9:32

Por 122 votos a 11, o Conselho Deliberativo do Fluminense, em reunião na noite desta quinta-feira, nas Laranjeiras, rejeitou a prestação de contas de 2010, último ano da gestão de Roberto Horcades na presidência do clube. Desde que o atual estatuto entrou em vigor, é a primeira vez que as contas de uma administração são reprovadas. Segundo conselheiros, o motivo foi falta de transparência. No ano passado, a dívida tricolor fechou em R$ 382 milhões, com um aumento de cerca de R$ 40 milhões, sendo R$ 19,7 milhões de déficit primário (relativo a quanto o clube ganhou e gastou, sem contar o pagamento de juros).

Participaram da reunião 153 conselheiros. Dois se abstiveram e 18 deixaram o clube antes da votação. Como os outros cinco anos da gestão de Horcades, que esteve presente à reunião, tiveram suas contas aprovadas pela comissão anterior, a atual contestação abre margem para que o ex-presidente possa ter que responder pessoalmente ao Ministério Público e à Justiça Federal, sobre o aumento da dívida.

veja também