MENU

Copa do Brasil: São Paulo estreia diante do obscuro Independente-PA

São Paulo estreia diante do obscuro Independente-PA

Atualizado: Quarta-feira, 7 Março de 2012 as 8:44

O choque de realidades impressiona. De um lado, o modesto Independente  de Tucuruí, clube que tem uma folha de pagamento mensal de R$ 120 mil, possui um único título estadual na sua galeria, não tem nem centro de treinamento e que ficará imensamente realizado se conseguir levar a decisão do confronto para o estádio do Morumbi. Do outro, o São Paulo, que gasta R$ 4 milhões por mês com seus atletas, tem um CT para o time profissional e outro para a base e que entra em 2012 disposto a acabar com um incômodo jejum de nunca ter conquistado a Copa do Brasil - a estreia é nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Mangueirão, em Belém.

No entanto, a cautela é grande pelos lados do Morumbi. A segunda competição mais importante do futebol brasileiro, que dá ao vencedor uma vaga na Taça Libertadores da América de 2013, mostra diversas histórias de times muito mais estruturados e favoritos que foram derrotados por equipes modestas, às vezes quase amadoras. Por isso, a ordem de Emerson Leão é entrar em campo e comprovar dentro das quatro linhas a tão falada superioridade. Uma vitória tricolor por dois gols de diferença já evita o jogo de volta, marcado para a próxima quarta-feira, às 19h30m, na capital paulista.

Apoio ao time do Morumbi não faltará. Como o estádio Navegantão, em Tucuruí, não tem estrutura para sediar a partida, a CBF transferiu o duelo para o estádio Mangueirão, em Belém, onde a Seleção Brasileira derrotou a Argentina pela Copa Rocca, no ano passado. O local certamente será tomado pelos são-paulinos, que deram uma amostra de apoio na chegada da delegação tricolor na noite da última segunda-feira.

A bola vai rolar a partir das 22h (horário de Brasília) e a partida será transmitida para todo o país pelo SporTV. O GLOBOESPORTE. COM também acompanhará o duelo, com vídeos exclusivos, a partir das 21h30m. A partida será apitada pelo potiguar Suelson França Medeiros, que será auxiliado por Sergio Campelo Gomes, do Maranhão, e Enoque Costa Pacheco, do Amapá. Vale lembrar que o vencedor deste duelo terá pela frente quem sair do confronto entre Aquidauanense (MS) e Fluminense de Feira de Santana (BA)

AS ESCALAÇÕES

Independente-PA: disposto a conquistar o direito de jogar em São Paulo, o time paraense, mesmo como mandante, vai armar uma retranca para cima do Tricolor. O técnico Valter Lima armou a equipe no esquema 3-6-1 e quer, principalmente, bloquear a ação do meio-campo tricolor, que nem nos volantes a válvula de escape para o ataque. Na bola parada, a esperança é o meia Gian, ex-Vasco, que, aos 37 anos, é o chefe da equipe em campo. O time entrará em campo com: Dida; Preto Barcarena, Ádison e Alexandre Recife; Lima, Silva, Fidélix, Gian, Tiago Floriano e Rafael Vieira; Ró.

São Paulo: dos atletas que não estão no departamento médico, apenas o meia Jadson, que ficou em São Paulo para fazer um trabalho específico de recondicionamento físico para melhorar seu rendimento em campo, é desfalque. Sem ele, o time será ainda mais ofensivo, com a entrada de Fernandinho no ataque. A grande novidade será o retorno de Luis Fabiano, livre de contusão. A equipe deverá atuar com: Denis; Piris, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Casemiro e Cícero; Lucas, Luis Fabiano e Fernandinho.

QUEM ESTÁ FORA

Independente-PA: o técnico Valter Lima tem todos os principais jogadores à disposição.

São Paulo: Rogério Ceni (lesão no ombro direito), Wellington (operado por causa da ruptura do ligamento cruzado do joelho esquerdo), Cañete (contusão no joelho direito), Douglas (problema no púbis), Fabrício (contratura muscular na coxa direita) e Jadson (ficou em São Paulo aprimorando a forma física).

FIQUE DE OLHO

Independente-PA: Gian. Aos 37 anos, o meio-campista que viveu o melhor momento de sua carreira com a camisa do Vasco é o comandante do time paraense. As jogadas ofensivas passam pelos seus pés e ele é responsável por todos os lances de bola parada. Mesmo com a idade avançada, a qualidade da batida com a perna esquerda ainda impressiona.

São Paulo: Luis Fabiano. Após ficar um mês se recuperando de uma lesão muscular na coxa direita, o atacante está de volta ao time, na vaga de Willian José que, mesmo ocupando a vice-artilharia do Campeonato Paulista, voltará a ser opção no banco. O Fabuloso não joga desde o dia 28 de janeiro, na vitória por 2 a 1 sobre o São Caetano, quando marcou um dos gols.

O QUE ELES DISSERAM

Valter Lima, técnico do Independente-PA: “Temos um posicionamento e uma organização tática que precisam ser seguidos independentemente de quem iremos enfrentar. No futebol, não adianta você pensar apenas em momentos específicos. A cada jogo você precisa ter dinâmica, ser organizado e, acima de tudo, buscar o seu objetivo. Acredito que possamos fazer um bom jogo”.

Emerson Leão, técnico do São Paulo: “Se formos merecedores dessa vitória por dois gols, ótimo. Se não formos, paciência. Seria excelente ganhar uma semana de trabalho para poder auxiliar na recuperação dos atletas. Mas não adianta colocar isso como obsessão, ainda mais quando você não conhece o adversário. Quando isso ocorre, o respeito precisa ser ainda maior é assim que vamos jogar”.

NÚMEROS E CURIOSIDADES

* Esta será a primeira vez na história que as duas equipes vão se enfrentar.

* O Tricolor disputará pela 13ª vez a Copa do Brasil, competição que nunca ganhou. Até agora, o melhor desempenho ocorreu em 2000, quando o time chegou à final, mas perdeu para o Cruzeiro, no estádio do Mineirão, por 2 a 1.

* Jogando como visitante na competição, o Tricolor tem a seguinte campanha: 43 jogos, 18 vitórias, 10 empates e 15 derrotas, o que dá um aproveitamento de 49,6% dos pontos disputados.

* Nos 18 duelos ocorridos entre equipes dos dois estados, a superioridade paulista é absoluta, com 11 vitórias, cinco empates e apenas duas derrotas. Nunca uma equipe paraense conseguiu eliminar um rival de São Paulo da Copa do Brasil.

veja também