MENU

Corinthians cai em casa e perde chance de disparar na ponta

Corinthians cai em casa e perde chance de disparar na ponta

Atualizado: Domingo, 21 Agosto de 2011 as 8:39

O Corinthians foi derrotado pelo Figueirense na noite deste sábado, por 2 a 0, no estádio do Pacaembu, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, e perdeu a chance de disparar na liderança da competição.

Veja como foi o jogo Leia as últimas do Corinthians Confira mais sobre o Campeonato Brasileiro Com este revés, a equipe paulista continua com 37 pontos e pode ser alcançada pelo Flamengo, que joga neste domingo contra o Internacional, fora de casa. O time comandado por Tite, porém, não perde a ponta caso os cariocas vençam, porque tem uma vitória a mais.

Zanone Fraissat/Folhapress O lateral direito Alessandro, do Corinthians, lamenta gol perdido na derrota para o Figueirense Já a equipe de Florianópolis tem 26 pontos e é a oitava colocada. Os algozes do Corinthians foram Wellington Nem e Pittoni, que souberam aproveitar os contra-ataques.

O time da casa dominou o jogo, criou suas chances, acertou a trave por duas vezes, mas nem Emerson e Willian, que entraram no segundo tempo, conseguiram finalizar com qualidade para chegar ao empate.

Na próxima rodada do Brasileiro, o Corinthians tem o clássico contra o Palmeiras, enquanto o Figueirense encara o Avaí.

O JOGO

Com toques envolventes e rápidos no meio de campo, o Figueirense tomou a iniciativa no início, mas a ousadia durou apenas cinco minutos. Depois disso, o Corinthians impôs o seu ritmo e controlou a partida.

A primeira chance clara de gol aconteceu aos 14min, quando Chicão cobrou falta da entrada da área e acertou o travessão. Com o adversário recuado, Tite prendeu Ralf na marcação e liberou Paulinho.

Robson Ventura/Folhapress Danilo (dir.), do Corinthians, disputa bola na partida contra o Figueirense Com Alex e Danilo pelo meio, Jorge Henrique pela esquerda e Liedson no comando do ataque, o time alvinegro pressionou, mas encontrou dificuldades na criação de jogo. Isso porque o Figueirense mostrou uma marcação eficiente, protegeu bem sua área e ficou à espera de um contra-ataque.

Essa tática deu resultado aos 34min. Num lance rápido, Júlio César cruzou da esquerda, a defesa corintiana vacilou e Wellington Nem, no centro da área, completou para o gol. Um castigo para uma equipe que dominou, mas errou muitos passes, criou pouco e não conseguiu concluir suas jogadas durante a primeira etapa.

No intervalo, Tite tinha uma carta marcada na manga: Emerson entrou na vaga de Welder. No jogo contra o Atlético-MG, na última rodada, o atacante também foi a campo depois do intervalo, sofreu dois pênaltis e marcou um gol. Mas neste sábado o Corinthians continuou com o mesmo problema da primeira etapa.

Concentrou as jogadas pelo meio e esbarrou na forte marcação do adversário. O time ganhou em movimentação quando Tite sacou Danilo e colocou Willian. Em seu primeiro lance, aos 16min, o atacante acertou a trave.

O Corinthians pressionou, mas não teve criatividade para variar suas jogadas e, quando conseguiu abrir espaço, falhou nas finalizações. Do outro lado, aos 47min, Pittoni fechou a vitória dos visitantes após outro contra-ataque. Três pontos de ouro para o Figueirense. E para o Flamengo.    

veja também