MENU

Corinthians vive clima de final com ameaçado

Corinthians vive clima de final com ameaçado

Atualizado: Domingo, 21 Novembro de 2010 as 9:58

Salvador respira decisão neste domingo. Faltando três rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, Vitória e Corinthians se enfrentam, às 17h (de Brasília), no Barradão, pressionados por um resultado positivo. Enquanto os baianos lutam contra o rebaixamento e para não virarem piada no ano do retorno do rival Bahia à elite, o Timão briga para manter a liderança e ficar mais próximo do quinto título nacional.

Com quatro vitórias e um empate desde a chegada do técnico Tite, o Corinthians reencontrou o caminho no torneio e voltou ao primeiro lugar ao vencer o Cruzeiro por 1 a 0, na última rodada. São 63 pontos contra 62 do Flu. O Alvinegro do Parque São Jorge depende apenas de seus resultados para ser campeão. Depois desta rodada, ainda encara Vasco (casa) e Goiás (fora).

Já o Vitória vive situação contrária. O clube acumula três partidas sem vencer, mas arrancou um empate contra o Guarani, em Campinas, ganhando um alento na reta final. O clube está no limite para entrar na zona do rebaixamento, em 16º lugar, com 39 pontos. Em seguida, pegará Internacional (fora) e Atlético-GO (casa).

Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS) apita a partida. Ele será auxiliado por Altemir Hausman (Fifa-RS) e Julio Cesar Rodrigues Santos (RS). A Rede Globo transmite para RS, SC, PR, SP, MS, MT, BA (exceto Salvador), PE, MA e as cidades de Araxá-MG, Ituiutaba-MG e Uberlândia-MG. O GLOBOESPORTE.COM acompanha, com vídeos, em Tempo Real.

Vitória: basicamente, está em jogo a entrada na zona de rebaixamento. Em caso de derrota, além de deflagrar um crise, pode ser ultrapassado pelo Avaí. Em contrapartida, se bater o temido rival, embala a torcida, se afasta do risco e pode até pensar em ir para a Sul-Americana.

Corinthians: O Corinthians defende a liderança do Campeonato Brasileiro e a possibilidade de ficar mais próximo do título. O Timão tem um ponto acima do Fluminense e, com mais três triunfos, ficará com a taça, independentemente dos resultados dos rivais. O Alvinegro também não sabe o que é perder desde a chegada do técnico Tite.

Vitória: O técnico Antônio Lopes poderá contar com Ramon, que era dúvida em razão de uma pequena lesão, mas não deverá ter Neto Coruja. O zagueiro Wallace segue fora do time titular. E há uma novidade interessante: o atacante Aldair, de 19 anos, foi relacionado pela primeira vez, sob muitos elogios do chefe. Assim, a escalação não fugirá disso: Viáfara; Nino Paraíba, Gabriel, Anderson Martins e Egidio; Uelliton, Bida, Elkeson (Neto Coruja) e Ramon; Adailton e Júnior

Corinthians: Como vem pregando desde que chegou, Tite quer mexer pouco na equipe. Entretanto, será obrigado a trocar duas peças no setor ofensivo. O meia Danilo e o atacante Jorge Henrique, que volta a ser titular depois de se recuperar de uma grave lesão na coxa esquerda, entram. O Timão começa o jogo com: Julio Cesar, Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf, Elias, Jucilei e Danilo; Jorge Henrique e Ronaldo.

Vitória: Kleiton Domingues e Eduardo, que só voltam em 2011, Reniê, Jonas, Wallace, que teve outra lesão, Ricardo Conceição e Renato. Os dois últimos tiveram problemas recentes (um foi estiramento na coxa, o outro pancada no rosto que exigirá operação) e, pelo curto espaço de tempo, também só jogam na próxima temporada.

Corinthians: O time perdeu duas peças importantes: o meia Bruno César, artilheiro da equipe, e o atacante Dentinho receberam o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Cruzeiro e cumprem suspensão.

Vitória: César Santiago, Ramon, Thiago Humberto

Corinthians: Elias, Jucilei, Leando Castan, Moacir, Paulinho, Paulo André, Roberto Carlos e William.

Júnior, atacante do Vitória: De estrela no início da temporada à coadjuvante agora, precisa mostrar seu valor num jogo decisivo para que o torcedor não perca a idolatria. Não vem sendo tão efetivo quanto no primeiro semestre. Júnior já até perdeu a vaga no time, mas a recuperou.

Ronaldo, atacante do Corinthians: O Fenômeno cresce nos momentos decisivos. Desta vez, não é diferente. Depois de um longo período entregue aos médicos, ele chega neste domingo ao sétimo jogo consecutivo. Desde que voltou, fez quatro gols.

Elkeson, meia do Vitória : “Vamos jogar em casa. Vamos pressionar desde o início do jogo. Temos que ir ao ataque com força total"

Tite, técnico do Corinthians : “Vamos ter de trabalhar o emocional de forma concentrada, manter a competitividade independentemente do calor. Temos de alternar o ritmo, manter a posse de bola, mas sem perder a intensidade da marcação e a agressividade”.

* O Corinthians não perde para o Vitória pelo Campeonato Brasileiro há 14 anos (ou 13 jogos). A última vitória da equipe baiana aconteceu dia 10/10/96, por 2 a 0 ,no Barradão, gols de Flávio e Agnaldo. Nas últimas 13 vezes que se enfrentaram em Brasileiros, o Timão venceu 11 vezes e aconteceram dois empates.

* Computando todas as competições, o Vitória derrotou o Corinthians pela última vez em 2004, em partida válida pelas quartas de final da Copa do Brasil. Na oportunidade, o time baiano venceu por 2 a 0 em Salvador (19/05/04), gols de Adaílton e Magnum, resultado que eliminou o Corinthians da competição.

* Pelo Brasileiro, o Corinthians venceu oito das últimas nove partidas diante do Vitória: 2 a 0 em 2001 em Presidente Prudente; 2 a 1 em 2002 e 4 a 0 em 2003, ambas no Pacaembu; 2 a 1 em Salvador em 2003; 1 a 0 em 2004 no Pacaembu; 2 a 1 e 1 a 0 ano passado e 2 a 1 este ano. Neste período, houve um empate por 1x1 em Salvador pelo Brasileiro 2004.

* Vitória e Corínthians se enfrentaram apenas dez vezes em Salvador na história do Campeonato Brasileiro. Na Bahia, o Timão venceu cinco vezes, contra três triunfos do Vitória e dois empates. Em Salvador, o Timão marcou 16 gols, contra 12 da equipe baiana. Dessas dez partidas, cinco foram realizadas na Fonte Nova e as cinco últimas no Barradão.

* É justamente diante do Vitória que o Corinthians tem seu melhor retrospecto dentro do Campeonato Brasileiro. Em 26 jogos, o Timão venceu 17 e sofreu apenas três derrotas, todas em Salvador: Vitória 1 a 0 em 1974; 2 a 1 em 93 e 2 a 0 em 96.

 No primeiro turno, o Corinthians venceu o Vitória por 2 a 1, no Pacaembu. Iarley e Paulinho marcaram para os paulistas, enquanto Kleber Pereira descontou. A partida marcou o retorno de Ronaldo aos gramados depois de 112 dias afastado por conta de lesões musculares. O jogo foi também o último do Alvinegro antes de completar 100 anos.  

veja também