MENU

Coritiba goleia Vila Nova e vê retorno à Série A cada vez mais próximo

Coritiba goleia Vila Nova e vê retorno à Série A cada vez mais próximo

Atualizado: Quarta-feira, 20 Outubro de 2010 as 7:11

A situação já era bastante favorável, e o Coritiba tratou de fazer o seu papel para deixar ainda mais iminente o retorno à Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. O líder da Série B goleou o Vila Nova por 5 a 1 nesta terça-feira, no Couto Pereira, e está cada vez mais próximo do acesso. Leo Gago, Triguinho, Fabinho Capixaba, Pereira e Leonardo marcaram para os donos da casa, enquanto Bruno Lopes descontou.

Com o resultado, o Coxa manteve os 100% de aproveitamento no estádio em cinco jogos. Fez 17 gols e sofreu somente quatro desde que retornou ao Alto da Glória, com o fim da punição pela confusão ocorrida na última rodada da Série A de 2009.

Agora o Coxa soma 59 pontos e segue a dez do Sport, primeiro fora do G-4. Já a equipe goiana, que briga contra o rebaixamento à Terceirona, segue com 35, na 16ª colocação. O Brasiliense abre a zona da degola, com 31.

Os dois times voltam a campo no próximo sábado. O Coritiba enfrenta o rival Paraná Clube no Couto Pereira, às 17h, enquanto o Vila Nova recebe o Brasiliense às 21h, no Serra Dourada.

Massacre em 90 minutos

O primeiro gol do jogo saiu em um lance polêmico, logo aos sete minutos. Leo Gago aproveitou uma jogada confuso na área adversária e tocou para as redes. Leonardo, que estava impedido, participou da ação, mas o árbitro confirmou o 1 a 0 para o Coritiba.

O empate do Vila Nova também veio em uma jogada muito questionada pelos donos da casa. Após cruzamento da direita, Jeci e Cleiton subiram juntos na área, e o árbitro acabou assinalando pênalti. Bruno Lopes cobrou com categoria e deslocou Edson Batos para empatar, aos 23.

Apesar de sofrer a igualdade, o Coxa continuou dominando a partida. E não demorou para voltar a ficar à frente do placar. Triguinho invadiu a área aos 34 e acertou um bonito chute para fazer 2 a 1.

Na volta para o segundo tempo, o Coritiba ampliou logo no primeiro minutos. Lucas Mendes ganhou de dois marcadores, foi ao fundo e cruzou para Fabinho Capixaba completar com o gol aberto.

Jogando com extrema facilidade, o time da casa teve mais uma chance clara em seguida, aos quatro minutos. Fabinho Capixaba recebeu na direita, limpou a jogada e foi derrubado na área: pênalti. Tcheco foi para a cobrança mas bateu fraco, facilitando a defesa de Max.

Perdido em campo, o Vila Nova ficou com um jogador a menos aos 17, quando Cris fez falta dura em Marcos Aurélio e foi expulso. E o castigo veio na sequência. O próprio Marcos Aurélio, que chegou ao centésimo jogo pelo clube e atuou com a camisa 100, fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Pereira testar com precisão: 4 a 1.

A vitória já estava assegurada, mas o Coxa não teve piedade do Vila Nova. Aos 29, Leonardo deixou um marcador no chão e bateu no canto direito, sem chances para Max. Um lindo lance para fechar mais uma atuação de gala dos alviverdes.     Por GLOBOESPORTE.COM Curitiba

veja também