MENU

Criado no futsal, André Lima diversifica repertório de jogadas

Criado no futsal, André Lima diversifica repertório de jogadas

Atualizado: Sexta-feira, 3 Dezembro de 2010 as 3:17

Durante 15 anos André Lima praticou futsal. Começou no Marabu, do Rio de Janeiro, com apenas quatro anos. E parou em 2004, quando chegou ao Vasco, egresso do Madureira - clube no qual se profissionalizou. Até então conciliara a vida nas quadras e nos gramados, o que lhe proporcionou um importante aprendizado.

É nesta origem que André Lima se ampara ao descrever o próprio estilo. Reconhecidamente um centroavante de área, homem de referência, o camisa 9 do Grêmio demonstra nas combinações com Jonas e Douglas ter mais recursos além da simples força física.

Ele lembra especialmente de uma assistência para gol de Jonas, no empate em 3 a 3 com o Vasco, dia 09 de outubro, pela 29ª rodada do Brasileirão 2010. Recebeu do companheiro, de costas para o gol, girou e de calcanhar devolveu a Jonas, que marcou.

- Aquele lance foi típico da minha origem no futsal. Algumas pessoas diziam que eu só sabia fazer o pivô. Mas tenho outras armas escondidas - brincou Houve um período de dedicação exclusiva ao futsal. Aos nove anos chegou ao Madureira, estreando aos 17 no time principal.

Do Vasco, passou ainda pela Bélgica, retornou ao Madureira, destacou-se no maranhense Sampaio Correa, esteve duas vezes no Botafogo, e vestiu também as camisas do alemão Hertha Berlim, do São Paulo e do Fluminense.

No Grêmio, tem 10 gols em 20 partidas pelo Brasileirão 2010. Forma dupla de ataque entrosada com Jonas, artilheiro da competição, com 22. Ele reitera que sabe combinar a virtude de centroavante ortodoxo com a qualidade nas jogadas pelo chão.

- Não tenho vergonha de dizer que sou um homem de área, mas tenho mais qualidades no pivô, graças a essa base no futsal.

veja também