MENU

Cruzeiro apresenta mais dois reforços para 2011: Leandro Guerreiro e Reis

Cruzeiro apresenta mais dois reforços para 2011: Leandro Guerreiro e Reis

Atualizado: Terça-feira, 18 Janeiro de 2011 as 8:41

Na tarde desta segunda-feira, a diretoria celeste apresentou mais dois reforços na Toca da Raposa II: o volante Leandro Guerreiro, ex-Botafogo, e o atacante Reis, com passagens por times mineiros como Tupi e América-MG - mas que, em 2010, disputou a Série B do Brasileirão pela Ponte Preta.

Leandro, de 32 anos, é velho conhecido de Cuca, já que trabalharam juntos no Botafogo. O jogador, que atua como primeiro volante, é homem de confiança do treinador que, em algumas oportunidades, o escalou como zagueiro.

Leandro relembra as experiências, mas diz que prefere atuar no meio.

- Ainda não falei com o Cuca (sobre a posição em que vai jogar), mas tivemos um bom convívio no Botafogo, onde atuei também como zagueiro. Prefiro jogar no meio do campo mas, se ele precisar, posso jogar de zagueiro. Creio que não terei dificuldades.

Revelado pelo Internacional, o jogador comemora o fato de ter sido contratado pelo clube mineiro. E ressalta a importância de disputar, pela primeira vez, a Taça Libertadores da América.

- Recebi a proposta como um sonho. Um jogador de 32 anos receber uma proposta como essa é uma honra. Já havíamos feito contato em 2010, mas só agora deu tudo certo. Fui bem no Botafogo e, agora, espero retribuir esse carinho da torcida. O elenco tem muitos jogadores de qualidade e todos têm de estar preparados. São muitas competições, além da Libertadores. Assim que surgir uma oportunidade, a gente tem que estar preparado.

Atacante explica mudança de nome

Com passagens pelo futebol mineiro, quem conhece o atacante Reis, sabe que, mesmo com a curta carreira, algo já mudou. Foi o nome do jogador - que nas passagens por Tupi e América-MG era conhecido como David.

- Mudei meu nome quando cheguei na Ponte Preta. Na época, eram três Davids no elenco. Aí eles preferiram me chamar pelo sobrenome, que é Reis. E a mudança foi boa, porque comecei a marcar mais gols.

Quando atuava no futebol mineiro, Reis costumava ser um centroavante no estilo mais antigo, fixo dentro da área e finalizador. Ele explica que a experiência em São Paulo o fez mudar um pouco o jeito de jogar.

- Mudei um pouco as minhas características. Não sou mais um centroavante parado. Os treinadores em São Paulo exigiam que eu tivesse mais mobilidade pelos lados do campo. Felizmente me adaptei e, hoje, tenho essa característica.

Sobre o fato de o elenco celeste ter vários atacantes e sobre as críticas que o setor vem recebendo desde o fim de 2010, o jogador espera conquistar o seu espaço.

- Vou me esforçar muito para estar no time. Vou brigar pelo meu espaço. São todos jogadores de qualidade, mas vim aqui para ser titular.

Mais um reforço

De acordo com o diretor de futebol do Cruzeiro, Dimas Fonseca, mesmo com a chegada de Reis e Ortigoza, o clube não descarta a contratação de outro camisa 9.

- Isso (as contratações) não impede que cheguem outros jogadores para a posição. Fizemos vários contatos que não deram certo, mas podemos trazer algum outro jogador para o setor.

Sobre as saídas de Wellington Paulista e de Farías, o dirigente confirma que existe proposta apenas pelo primeiro.

- Estamos aguardando, para esta segunda-feira, que o procurador do Wellington nos entregue a proposta de venda por escrito, do clube do Qatar. Com relação a clubes da Europa que o procuraram, não chegou nada de oficial. Com relação ao Farías, também não recebemos nenhuma proposta até o momento.

Por: Leonardo Simonini

veja também