MENU

Cruzeiro bate o América-MG no Mineirão

Cruzeiro bate o América-MG no Mineirão

Atualizado: Segunda-feira, 15 Março de 2010 as 12

O Cruzeiro superou as dificuldades de jogar com um time misto e venceu o América-MG por 3 a 2, neste domingo, no Mineirão, pela nona rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro. A partida foi cheia de obstáculos. A forte chuva que caiu em Belo Horizonte deixou o estádio sem luz, e o jogo ficou interrompido por cerca de 38 minutos. Dez jogadores celestes, entre eles Kléber, foram poupados após o cansativo empate por 2 a 2 com o Deportivo Itália na última quinta-feira, em Caracas, pela Taça Libertadores.

Os gols da Raposa, líder do Estadual com 21 pontos, foram marcados por Wellington Paulista (um golaço), Kieza e Fabinho. Para o América, que permanece em oitavo lugar com 11 pontos, marcaram Leandro Ferreira e Fábio Júnior. 

Na próxima rodada, sábado, dia 20, o Cruzeiro enfrenta o América de Teófilo Otoni no Mineirão. Na segunda-feira, dia 22, o Coelho recebe em seu estádio o Democrata de Governador Valadares.

Wellington Paulista arrisca de longe e se dá bem

Cheio de reservas, o Cruzeiro demorou para se encontrar em campo e, logo aos sete minutos, levou o primeiro susto. Após levantamento de Danilo pela direita, Moisés subiu mais do que os marcadores e mandou de cabeça, mas a bola foi para fora. A Raposa equilibrou o jogo através do seu jogador mais perigoso, Bernardo, e passou a também criar boas chances.

Aos 13, o camisa 10 celeste recebeu na esquerda, trouxe para o meio e bateu de perna direita. O chute, no entanto, saiu fraco. Aos 21, um lance parecido. Bernardo gingou em cima do marcador pelo lado esquerdo e mandou uma bomba. Gléguer espalmou e afastou o perigo.

Um temporal caiu sobre Belo Horizonte aos 20 minutos de jogo, inclusive com granizo. Aos 22, a partida foi interrompida por falta de luz elétrica e só voltou cerca de 38 minutos depois, quando os refletores voltaram a funcionar normalmente. No retorno ao campo, os jogadores encontraram muitas poças e o nível técnico da partida caiu.

Aos 35 minutos, Bernardo mandou uma bomba em cobrança de falta frontal ao gol de Gléguer, que defendeu em dois tempos. Mas o lance de mais emoção do primeiro tempo ficou reservado para o último minuto. Aos 45, Wellington Paulista arriscou de muito longe e acertou o travessão. Na volta, a bola bateu em Gléguer e foi morrer no fundo da rede: 1 a 0 para o Cruzeiro. Um golaço: 1 a 0. Na comemoração, homenagem ao aniversariante Léo Fortunato, que completou 27 anos.

Goleiro Fábio falha no gol do Coelho

O América voltou do vestiário dando a impressão de que não ia se entregar fácil, e antes dos dez minutos conseguiu criar duas boas chances. Aos quatro, o ex-cruzeirense Fábio Junior recebeu em boas condições dentro da área mas se enrolou todo com a bola e não conseguiu finalizar. Aos sete, o atacante novamente teve a oportunidade de frente para o gol mas foi mais lento do que o goleiro Fábio, que saiu e abafou.

A insistência do Coelho deu certo. Aos 15 minutos, Leandro Ferreira bateu forte, rasteiro, e Fábio aceitou: 1 a 1. Animado, o América quase virou aos 19. Luciano escorou de cabeça uma bola levantada na área mas, meio desequilibrado, não conseguiu acertar o alvo. O Cruzeiro acordou e deu a resposta rápido. Aos 21, Bernardo tabelou com Wellington Paulista e foi derrubado por Gléguer dentro área. Na cobrança, o camisa 9 celeste bateu no canto esquerdo do goleiro que fez a defesa. A bola ainda acertou a trave.

Mas a Raposa não se abalou e, aos 24 minutos, conseguiu voltar à frente no placar. Dentro da área, Wellington Paulista ajeitou para Kieza, que, no seu primeiro toque na bola, chutou para o fundo do gol: 2 a 1. Aos 40 minutos. Leandro Lima deu bom passe para Fabinho, que bateu colocado, com muita categoria e acertou o canto esquerdo do goleiro Gléguer: 3 a 1.

Cinco minutos depois, Fábio Junior recebeu dentro da área, girou e diminuiu novamente: 3 a 2. Mas já não havia mais tempo para a tentativa de empate e a Raposa conseguiu mais uma vitória no Campeonato Mineiro.

veja também