MENU

Cruzeiro bate o Uberlândia por 3 a 0, na primeira partida da temporada

Cruzeiro bate o Uberlândia por 3 a 0, na primeira partida da temporada

Atualizado: Segunda-feira, 24 Janeiro de 2011 as 8:27

O Cruzeiro venceu o Uberlândia, por 3 a 0, no amistoso realizado no Parque do Sabiá, no Triângulo Mineiro. Foi a primeira partida da equipe celeste na temporada 2011. O lateral-esquerdo Diego Renan, ainda no primeiro tempo, fez o primeiro gol. Dudu e Caetano (contra), na etapa complementar, fizeram os outros.

A Raposa se prepara para a disputa do Campeonato Mineiro, da Taça Libertadores e do Campeonato Brasileiro. Já o Uberlândia, comandado pelo técnico Moacir Júnior, aprimora a forma física e técnica visando a estreia no Módulo II do Campeonato Mineiro.

O Cruzeiro estreará no estadual no domingo, dia 30, às 17h (de Brasília), diante da Caldense, na Arena do Jacaré. Porém, a grande expectativa é a primeira partida pela Taça Libertadores, no dia 16 de fevereiro, também em Sete Lagoas, contra o Estudiantes, algoz dos mineiros na decisão da competição sul-americana de 2009. Já o Verdão começará a luta para voltar à divisão de elite do futebol mineiro diante do Fluminense, de Araguari, no dia 13 de fevereiro, às 10h30m, fora de casa.

Jogo lento, mas vitória azul

Foram dois meses e 20 dias longe do público de Uberlândia. O reencontro do Cruzeiro com sua torcida no Parque do Sabiá foi bastante diferente de quando a equipe celeste mandava seus jogos no Campeonato Brasileiro do ano passado. As arquibancadas vazias e futebol apático foram indícios de que o jogo era apenas um amistoso. Para piorar, o forte calor durante toda a tarde impediu que o torcedor celeste pudesse ver uma boa exibição da equipe titular.

O Cruzeiro, que manteve quase todos os jogadores que terminaram a última temporada, apresentou o atacante Reis, ex-Ponte Preta, como única novidade entre os titulares. O jogador teve boa chance de marcar na primeira bola que sobrou na entrada da área, mas mandou para fora. Enquanto esteve em campo, Reis apareceu poucas vezes.

Já o Uberlândia, que já vinha treinando desde o início de dezembro, mostrou mais condicionamento físico nos primeiros 45 minutos. A novidade da equipe do Triângulo estava no gol, com o veterano Rodrigo Posso, que havia encerrado a carreira para virar dirigente do Ipatinga. O goleiro voltou atrás na decisão e acertou com o Verdão no fim de 2010.

Apesar da morosidade da partida, o atacante Hugo quase faz um gol de placa. Aos 26 minutos, o goleiro Fábio deixou a área e deu um chutão para cima. A bola sobrou para Hugo que, de bicicleta, mandou para o gol. Porém, o zagueiro Gil conseguiu evitar o primeiro do Uberlândia, e tirou em cima da linha.

Mesmo não apresentando um bom futebol, o Cruzeiro abriu o placar no fim da primeira etapa. O lateral-esquerdo Diego Renan recebeu de Gilberto na entrada da área, cortou um adversário e bateu forte, de direita, sem chances para Rodrigo Posso.

Segundo tempo

Como ficou acertado que as equipes poderiam fazer nove alterações cada uma, os treinadores de Cruzeiro e Uberlândia aproveitaram o segundo tempo para observar vários jogadores reservas. E com as substituições, a Raposa se deu bem.

Logo aos sete minutos, o time da Toca da Raposa II ampliou o marcador, em uma jogada de dois jogadores que entraram no intervalo. O meia Roger, que havia substituído Gilberto, deu um belíssimo passe para Dudu, substituto de Reis, que apenas tocou por baixo do goleiro Rodrigo Posso.

Com a equipe já bastante alterada, inclusive com os novos contratados, a Raposa conseguiu chegar ao terceiro gol. Aos 22 minutos, Wallyson cruzou da direita, e o zagueiro Caetano, apavorado com a presença de Dudu dentro da área, mandou para as próprias redes, sem chances para Rodrigo Posso.

A grande novidade na segunda etapa foi mesmo a presença do jovem Dudu no ataque. Meia de origem, além de ter marcado seu gol, se movimentou bastante, criando várias situações que dificultaram a vida da defesa do time da casa.

Cuca também lançou a campo os recém contratados Naldo e Fabrício Carioca, que - apesar de ser zagueiro - atuou na lateral esquerda, na vaga de Diego Renan.

Agora, a briga será oficial. O time tem compromissos pelo Campeonato Mineiro, valendo três pontos. Para uma estreia em uma partida amistosa, Cuca teve condições de avaliar quais são as opções para a temporada. No próximo domingo, o compromisso será diante da Caldense, de Poços de Caldas, na Arena do Jacaré.   Por: Fernado Martins y Miguel   

veja também