MENU

Cruzeiro e Atlético-MG absolvidos por problemas no clássico do dia 12

Cruzeiro e Atlético-MG absolvidos por problemas no clássico do dia 12

Atualizado: Quarta-feira, 2 Março de 2011 as 4:26

Cruzeiro e Atlético-MG foram absolvidos no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MG) pelos problemas relatados no clássico, válido pelo Campeonato Mineiro, no último dia 12. O Cruzeiro corria o risco de perdido o mando de campo no Campeonato Mineiro, além do pagamento de multa. Já o alvinegro poderia ficam sem o artilheiro Diego Tardelli, por suspensão.

A partida, que teve o Galo como vencedor, por 4 a 3, começou quente antes mesmo da bola rolar. O ônibus da delegação alvinegra, que era a visitante, foi apedrejado ao chegar na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Além disso, foi relatado na súmula que um celular foi arremessado dentro de campo durante o jogo. Por conta disso, o Cruzeiro foi indiciado com base em dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

O artigo 211 fala sobre 'deixar de manter o local para realização do evento com infraestrutura necessária a assegurar plena garantia e segurança para sua realização'. Por esse artigo, o clube poderia ter recebido multa de R$ 100 a R$ 100 mil, além da interdição da Arena do Jacaré.

O Cruzeiro ainda respondeu denúncia baseada nos incisos I e II do artigo 213 do CBJD, que falam sobre 'deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto' e 'lançamento de objetos no campo'. Por esse artigo, o clube também poderia ter recebido multa entre R$ 100 e R$ 100 mil.   Tardelli fora de risco Já o atacante Diego Tardelli também foi acusado por dois artigos do CBJD. O primeiro, o 251, pela expulsão, já no fim da partida, após ter recebido o segundo cartão amarelo. Tardelli poderia ter pego até três jogos de suspensão.

Já na segunda acusação, baseada no artigo 258, Tardelli teria provocado a torcida cruzeirense na comemoração de seu primeiro gol. Caso o jogador fosse punido, o gancho poderia ter sido de até seis jogos.    

veja também