MENU

Cruzeiro goleia Avaí em Uberlândia

Cruzeiro goleia Avaí em Uberlândia

Atualizado: Domingo, 14 Agosto de 2011 as 9:28

 A mudança para o Parque do Sabiá, em Uberlândia, surtiu efeito, e o Cruzeiro voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Depois de quatro derrotas consecutivas, a Raposa goleou o Avaí, por 5 a 0, e voltou a respirar na competição. Apesar do placar elástico, o Cruzeiro não demonstrou o mesmo futebol vistoso das goleadas na primeira fase da Libertadores desse ano. A equipe de Joel Santana demonstrou agressividade, mas o resultado foi ajudado pela fragilidade do Avaí, que teve Welton Felipe expulso aos 43 minutos do primeiro tempo.

Na próxima rodada, o Cruzeiro, que chegou aos 21 pontos (é o 10º colocado) vai a Curitiba encarar o Atlético-PR, na quarta-feira, às 19h30m (de Brasília). Já o Avaí, 19º colocado, com 13 pontos, recebe o Vasco, nos mesmos dia e horário.

Quem achou que o jogo seria morno, por conta das campanhas das duas equipes e pela baixa presença do público, se surpreendeu. Dois lances esquentaram a partida logo nos primeiros minutos. O atacante cruzeirense Anselmo Ramon chegou a driblar o goleiro Felipe e chutou para fora. Na sequência, resposta do Avaí com belo voleio de Rafael Coelho, carimbando a trave.O técnico Alexandre Gallo optou pela cautela e postou o Avaí no esquema 3-6-1, com apenas Rafael Coelho no ataque. Se no papel a postura demonstrava retranca, o que se viu em campo foi o time catarinense criando chances, já que a Raposa cedia muitos espaços.O tormento do Cruzeiro terminou aos 27 minutos, quando Fabrício recebeu de Roger pela direita e tocou cruzado para o gol. A bola entrou lentamente, sem chances para Felipe. Festa no Parque do Sabiá.

E não demorou muito para o Cruzeiro dominar a partida. Anselmo Ramon ampliou depois de boa jogada de Roger ao lançar Vítor, que cruzou para o atacante cruzeirense dividir com o zagueiro e balançar as redes.A noite deveria ser de Wellington Paulista, que retornou ao Cruzeiro após um empréstimo de quatro meses ao Palmeiras. E se não teve grandes chances, pelo menos o camisa 9 contribuiu para o terceiro gol, ao roubar a bola de Welton Felipe e ser derrubado na área. Pênalti que Montillo converteu - sexto gol dele no Brasileirão.E o argentino poderia ter aumentado seu rendimento na artilharia. Vitor também foi derrubado na área e o árbitro Péricles Bassols, em cima do lance, marcou a penalidade. Mas dessa vez, o goleiro Felipe fez boa defesa no canto esquerdo.

  Mais dois Com o placar construído na primeira etapa, o Cruzeiro diminuiu o ritmo. Com isso, o jogo perdeu consideravelmente em emoção. O Avaí, com um jogador a menos, não tinha força ofensiva. O goleiro Fábio se tornou um mero espectador em campo. 

 Para ter uma ideia do Avaí no ataque, o volante Acleisson protagonizou uma das piores cobranças de escanteio já vistas, ao mandar a bola na arquibancada atrás do gol. Aos 29 minutos, Wellington Paulista foi substituído por Ortigoza e saiu de campo aplaudido. Ele poderia ter deixado sua marca quando pediu para cobrar o primeiro pênalti. Segundo Wellington, o gol seria uma homenagem para a filha Isabelle, aniversariante do dia.

O atacante Thiago Ribeiro, que entrou no lugar de Roger, voltou bem à equipe. Depois de seis rodadas fora por conta de uma tendinite na perna esquerda, ele teve tempo de fazer o quarto. Quando pensava-se que a fatura estava liquidada, Ortigoza fechou a partida com um belo gol de canhota, após um corte seco em cima do zagueiro.

veja também