MENU

Cruzeiro vence e vai à semi com vantagem

Cruzeiro vence e vai à semi com vantagem

Atualizado: Domingo, 17 Abril de 2011 as 7:36

Para quem estava acostumado a ver o Cruzeiro aplicar goleadas, tanto no Campeonato Mineiro, quando na Libertadores, o 1 a 0 deste domingo em cima do Uberaba foi decepcionante. Montillo, de pênalti, marcou o único gol do jogo. O magro resultado, porém, foi suficiente para manter a vantagem do time comandado pelo técnico Cuca - que terminou a etapa de classificação em primeiro lugar - na próxima fase da competição estadual. Já o Uberaba, apesar da derrota, confirmou a permanência na principal divisão do Mineiro.

O Cruzeiro volta a jogar no final de semana que vem, pela primeira partida das semifinais, contra o América TO, que terminou a fase de classificação em quarto lugar.

As duas equipes fizeram uma partida sem graça, com poucas emoções. Uma cabeçada de Wallyson para o gol, logo aos 10 segundos de jogo, deu o cartão de visitas cruzeirense ao Uberaba. Parecia que o time comandado por Cuca iria dominar o jogo. Depois do susto que todos levaram aos dois minutos, quando Pablo caiu de mal jeito no campo, o domínio foi total do Cruzeiro.

Aos oito minutos, Montillo cobrou falta cruzando para a área e Leo tentou de cabeça, quase abrindo o placar. Aos 14, depois de uma cobrança de escanteio, Gil cabeceou na rede, mas pelo lado de fora, enganando parte da torcida (que chegou a gritar gol). Mas o time da casa acordou saiu para o ataque. Prova é que, aos 15 minutos, Felipe tentou de cabeça, mas a bola bateu na trave e não entrou.

O Uberaba acreditou no jogo e partiu para cima da equipe celeste. E perdeu a melhor chance do jogo até o momento. Marcinho dominou pela direita e, em vez de tocar, preferiu cruzar para a área, já que Cadu chegava sozinho. O atacante chutou de primeira, mas a bola foi para fora, encobrindo o gol.

O jogo ficou mais equilibrado e, aos 42, Gustavo arriscou de fora da área, mas para fora. No contra-ataque, Cruzeiro sai em velocidade pela direita e, enquanto Wallyson cruzava para a área, Balduíno derrubou Ortigoza na área. Pênalti cobrado por Montillo, que mandou no canto direito de Fernando, sem chances de defesa.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Nenê Belarmino pediu marcação mais intensa em Monitllo. E o jogo ficou equibilibrado no meio-campo. O Cruzeiro chegou com perigo aos 13 minutos, na cabeçada de Ortigoza. O goleiro Fábio pegou na bola pela primeira vez dois minutos depois, depois de uma bola recuada da defesa.

Aos 20 minutos, o Uberaba fez duas modificações, colocando um atacante (Hugo) e um meia (Ewerton Maradona) descansados para tentar surpreender o Cruzeiro. Menos de um minuto depois, Cuca também trocou peças, colocando Pedro Ken no lugar de Henrique. E pediu ao atacante para dar velocidade ao jogo.

Mas quem levou perigo foi o Uberaba, que quase empatou aos 24 minutos numa cabeçada sem jeito que acabou mandando a bola para fora. As duas equipes passaram mais a disputar a bola, criando chances, mas nada muito emocionante. Até que, aos 38 minutos, Hugo tentou cabecear dentro da pequena área e quase empatou. Mas a partida terminou, mesmo, com o magro 1 a 0 no placar.

Por GLOBOESPORTE.COM Belo Horizonte

veja também