MENU

Cruzeiro x Timão marca reencontro de Adilson e duelo com Cuca

Cruzeiro x Timão marca reencontro de Adilson e duelo com Cuca

Atualizado: Quarta-feira, 25 Agosto de 2010 as 9:58

O palco é o Parque do Sabiá, em Uberlândia. Os protagonistas são Cruzeiro e Corinthians. Mas no jogo desta quarta-feira, às 22h (de Brasília), pela 16ª rodada, o assunto principal é o reencontro de Adilson Batista, agora técnico do Timão, com a Raposa, time que ele comandava até a metade desta temporada.

- É importante você conhecer o atleta a fundo, mas eles também sabem como eu trabalho, o que costumo pedir e a maneira como gosto de jogar. De qualquer maneira facilita o meu trabalho conhecer o grupo do Cruzeiro – comentou o agora corintiano Adilson Batista, que fez mistério e fechou parte do treino na terça-feira.

No Cruzeiro, os jogadores estão motivados para o primeiro duelo contra o ex-treinador. Foi Adilson Batista que montou a base da equipe nos últimos três anos. E foi sob seu comando que jogadores como Henrique, Marquinhos Paraná e Jonathan, que inicialmente entraram na equipe com a desconfiança de muitos, caíram nas graças do torcedor celeste.  Será uma experiência única. Nunca joguei contra ele, vai ser a primeira vez – declarou Marquinhos Paraná. Oitavo colocado com 21 pontos, o Cruzeiro espera ainda no primeiro turno chegar ao G-4. A diferença para o quarto, o Ceará, é de apenas três pontos. Já o Timão quer nesse mesmo período retomar a liderança. Em segundo lugar com 31, a equipe paulista está a dois do Fluminense, que joga às 19h30m contra o Goiás.

E o confronto desta noite também marcará um duelo pessoal entre os treinadores. Na última temporada, Cuca, então treinador do Fluminense, conseguiu uma virada histórica sobre o Cruzeiro de Adilson Batista, por 3 a 2, no Mineirão, depois de estar perdendo por 2 a 0. O triunfo foi o primeiro passo para a arrancada do Tricolor que culminou com a manutenção dos cariocas na Série A.

As equipes

Para repetir o feito sobre o treinador rival, Cuca terá dificuldades. A começar pela escalação. O volante Fabrício e o atacante Thiago Ribeiro, suspensos, desfalcam a equipe. Marquinhos Paraná entra na vaga do meio campo, mas no ataque Wallyson e Robert disputam a posição.

Além disso, o Cruzeiro vem de derrota em casa para o Vitória, no Ipatingão. Mas os jogadores esperam reverter o quadro e garantem que têm condições de superar o ex-comandante e o rival Corinthians.  Ele (Adilson Batista) conhece bem o grupo, ficou dois anos e seis meses aqui. Mas quando entra em campo são 11 contra 11. Lá dentro a individualidade tem que prevalecer, temos que nos impor para superar tudo isso. Um dia ele está aqui trabalhando com a gente, outro dia estamos nos enfrentando, que é o caso agora. Nós defendemos o Cruzeiro e vamos buscar a vitória, independentemente de ele estar no Corinthians - declarou o volante Henrique. Do lado do Timão, Adilson Batista também tem problemas. O atacante Dentinho, com um problema muscular na coxa, segue em tratamento e é mais uma vez desfalque. O ataque segue formado por Jorge Henrique e Iarley.

Na manhã da última terça-feira, o técnico corintiano ganhou mais um desfalque. O zagueiro e capitão William, com um edema na coxa direita, está fora das próximas duas partidas, incluindo a de domingo, contra o Vitória, no Pacaembu. Essa partida, aliás, pode marcar o retorno de Ronaldo ao clube do Parque São Jorge.

- Vamos ter um jogo-treino na sexta-feira, contra os juniores do Corinthians, e nele vamos definir o que faremos com o Ronaldo – explicou o comandante alvinegro

veja também