MENU

D'Ale busca Brasileirão perdido: 'Temos time para brigar'

D'Ale busca Brasileirão perdido: 'Temos time para brigar'

Atualizado: Quinta-feira, 19 Maio de 2011 as 9:44

D´Alessandro vai para seu quarto Brasileirão (Foto: Edu Rickes / GLOBOESPORTE.COM)

  D’Alessandro sabe o que é ser campeão gaúcho. E da Sul-Americana. E da Libertadores. Mas não teve o gosto de conquistar o Brasileirão. No Inter desde 2008, o craque do time vermelho agora parte em busca do título nacional. Ele pede atenção a cada jogo, a cada detalhe, porque vê muita dificuldade na disputa.

El Cabezón lamenta especialmente o título perdido no Brasileirão de 2009. O Inter chegou à última rodada em condições de ser campeão, mas a vitória do Flamengo sobre o Grêmio matou o sonho vermelho. D’Alessandro lembra do desperdício de pontos que fizeram falta no final.

- Ficamos na porta, no último jogo. O professor já falou conosco. Está muito certo o que ele passou: que a gente começa a perder pontos em casa, em jogos controlados, foge um pontinho aqui, um pontinho lá, e quando chega no final, perdemos. Nesse campeonato (2009), perdemos alguns pontos. Lembro do empate com o Grêmio Barueri, quando tínhamos feito um acordo de ganhar os últimos cinco jogos. Só empatamos esse. O importante é começar bem o Brasileiro. Temos que enfrentar esse Brasileirão sabendo que cada ponto será importante – disse o jogador.

Em 2008, o Inter passou a se dedicar mais à Sul-Americana do que ao Brasileirão. Em 2010, o foco esteve na Libertadores. Agora, a prioridade será a disputa nacional. E D’Alessandro vê o Colorado com time para ser campeão.

- O clube não usou isso (competições paralelas) como desculpa. É difícil enfrentar três competições ao mesmo tempo. Em 2009, eram o Gaúcho, a Copa do Brasil e o Brasileiro, e aí começou a Sul-Americana, e ainda teve a Suruga Cup. Foram seis, sete competições. Acho muito difícil. É cansativo. Mas o Inter vai ter a possibilidade de jogar o Brasileiro. Tem um elenco muito bom, uma equipe muito bem armada. Temos time para brigar pelo título. Temos que trabalhar com humildade, concentrados. O Brasileiro é muito difícil. Tem dez times grandes, mais os outros, que complicam muito, jogam bem. Qualquer time pode ganhar de qualquer um. Temos que enfrentar o Brasileiro como se cada jogo fosse uma final.

Em seu quarto Brasileirão, D’Alessandro não tem dúvidas da qualidade – e consequente dificuldade – da competição.

- É o melhor campeonato da América do Sul.

O Inter estreia no Campeonato Brasileiro no próximo sábado. O adversário é o Santos, às 21h, na Vila Belmiro.          

veja também