MENU

Damião no rumo para ser o maior goleador de temporada na década

Damião no rumo para ser o maior goleador de temporada na década

Atualizado: Sexta-feira, 26 Agosto de 2011 as 11:47

Leandro Damião comemora golaço contra o Fla

(Foto: Roberto Vinicius / Agência Estado)

  O colecionador de gols do Beira-Rio caminha em direção a uma marca quase sobrenatural em 2011. Leandro Damião, aos 22 anos, pode fechar o ano como o maior goleador do futebol brasileiro na década em uma única temporada. Se mantiver a atual média de gols, o camisa 9 do Inter ultrapassará os números de atletas como Romário, em 2002, e poderá pelo menos igualar o que fez Luís Fabiano em 2003.

Contando apenas jogos oficiais, Damião marcou 32 vezes em 39 partidas na temporada – aí não estão contabilizados os duelos com Barcelona e Milan pelo Torneio de Munique, uma disputa amistosa. A média é de 0,82 gol por jogo. Ele é o maior artilheiro do país nestes oito primeiros meses.

Aí vem o cálculo. Restam 20 rodadas no Campeonato Brasileiro, mas em uma delas, contra o Ceará, na semana que vem, o jogador estará fora, já que foi convocado para defender a Seleção Brasileira em amistoso contra Gana. Assim, em tese, excetuadas eventuais suspensões ou lesões, Damião tem 19 partidas oficiais pela frente na temporada.

Usando a média atual, de 0,82, significa que ele pode fazer mais 15 gols, fechando 2011 com 47 bolas na rede por jogos de competições referendadas por CBF, Conmebol ou Fifa. É o mesmo que Luís Fabiano conseguiu em 2003 e mais do que qualquer outro atleta alcançou em outras temporadas ao longo da década passada, incluindo o início da atual.

 Washington, em 2001, fez 45 gols. Romário (2002), novamente Washington (2004) e Túlio Maravilha (2007) fizeram 43 cada um. No ano passado, Neymar e Jonas empataram com 42. Damião se aproxima deles. Os números dos concorrentes do herói colorado no título da Recopa também excluem partidas não-oficiais.

E o momento do jogador indica que ele pode até superar isso. Nos últimos seis jogos pelo Inter, ele não passou uma vez sequer em branco. Marcou sete gols. O jogador já está na terceira colocação, ao lado de Deivid, Montillo e Rafael Moura, na briga pela artilharia do Brasileirão. Todos têm oito, atrás de Ronaldinho Gaúcho, com dez, e Borges, com 12.

Damião distribuiu por outras quatro competições os demais gols que fez em 2011. Marcou 17 no Gauchão, quatro na Libertadores, três na Recopa (maior goleador da história da disputa) e dois no Torneio de Munique. Mas cálculos não são com ele. O jogador prefere não fazer projeções.

- Nunca tracei esse tipo de meta. O que eu quero é sempre brigar no ataque, ajudar o Inter, porque aí os gols vão sair – disse ele.

O próximo compromisso de Damião é domingo. E é Gre-Nal. Aliás, nos últimos três duelos com o Grêmio, Damião marcou três gols.

  Os maiores artilheiros do Brasil em cada temporada:

2001 - Washington: 45 gols

2002 - Romário: 43 gols

2003 - Luís Fabiano: 47 gols

2004 - Washington: 43 gols

2005 - Fred: 38 gols

2006 - Rinaldo: 35 gols

2007 - Túlio Maravilha: 43 gols

2008 - Keirrison: 41 gols

2009 - Diego Tardelli: 39 gols

2010 - Neymar e Jonas: 42 gols

2011 - Leandro Damião: 32 gols (até o momento)

Todos os gols de Damião:

Gauchão

03 de fevereiro – Inter 3 x 1 Juventude – um gol

06 de fevereiro – Veranópolis 2 x 1 Inter – um gol

13 de fevereiro – Inter 3 x 2 Pelotas – três gols

10 de março – Inter 4 x 0 Ypiranga – três gols

12 de março – Caxias 3 x 3 Inter – três gols

02 de abril – Lajeadense 1 x 1 Inter – um gol

10 de abril – Inter 6 x 2 Canoas – um gol

16 de abril – Inter 1 x 0 Santa Cruz – um gol

01 de maio – Inter 1 x 1 Grêmio – um gol

08 de maio – Inter 2 x 3 Grêmio – um gol

15 de maio – Grêmio 2 x 3 Inter – um gol

Libertadores

23 de fevereiro – Inter 4 x 0 Jaguares – um gol

16 de março – J. Wilstermann 1 x 4 Inter – um gol

19 de abril – Inter 2 x 0 Emelec – um gol

28 de abril – Peñarol 1 x 1 Inter – um gol

Brasileirão

12 de junho – Inter 2 x 2 Palmeiras – um gol

26 de junho – Inter 4 x 1 Figueirense – um gol

30 de junho – Atlético-MG 0 x 4 Inter – um gol

21 de julho – Avaí 1 x 3 Inter – um gol

07 de agosto – Inter 3 x 2 Cruzeiro – um gol

14 de agosto – Bahia 1 x 1 Inter – um gol

17 de agosto – Inter 1 x 0 Botafogo – um gol

21 de agosto – Inter 2 x 2 Flamengo – um gol

Recopa Sul-Americana

10 de agosto – Independiente 2 x 1 Inter – um gol

24 de agosto – Inter 3 x 1 Independiente – dois gols

Torneio de Munique

26 de julho – Inter 2 x 2 Barcelona – um gol

27 de julho – Inter 2 x 2 Milan – um gol            

veja também