MENU

Daniel Carvalho aceita o desafio de ser o grande jogador do Atlético-MG

Daniel Carvalho aceita o desafio de ser o grande jogador do Atlético-MG

Atualizado: Quinta-feira, 14 Abril de 2011 as 10:28

Após um longo tempo se recuperando de uma cirurgia no ombro direito, Daniel Carvalho voltou a disputar um jogo oficial no último domingo. O Atlético-MG venceu a Caldense por 2 a 0, em Poços de Caldas, e o meia teve boa atuação com participação direta no primeiro gol, marcado por Ricardo Bueno.

A volta do jogador gaúcho ao time foi muito esperada pela torcida atleticana, que vê nele potencial para ser o grande craque do time, responsabilidade que o jogador não rechaça.

- Esse pensamento eu deixo para o torcedor e para o pessoal de fora. Aqui no grupo, todo mundo sabe que eu sou mais um, como todos e eu estou aqui para ajudar e colaborar. Claro, é uma responsabilidade quando o torcedor coloca todas as fichas em cima de um jogador. Se o torcedor estiver apostando em mim, pode ter certeza que, no mínimo, eu vou tentar fazer o meu melhor. Tentar buscar o meu espaço aqui no Atlético-MG e tentar corresponder a todas as expectativas que eles acabam criando.

Para Daniel Carvalho, somente uma boa sequência de jogos vai dar a ele o condicionamento físico ideal para encarar a longa temporada do futebol brasileiro, que só se encerra em dezembro.

- Olha, é complicado dizer certinho e ser correto nesta avaliação. Mas, de tanto que trabalhei e treinei posso correr tranquilamente uma maratona. Mas jogo é diferente. Acho que a cada jogo, eu vou evoluindo e melhorando e, em princípio, a tendência é só crescer. Espero pelo menos, nas semifinais e finais do Mineiro, se a gente conquistar esta vaga, já estar 100% preparado para ajudar.

A próxima partida do Galo pelo Campeonato Mineiro é no próximo domingo, às 16h (de Brasília), contra o América TO, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. O time, já classificado para as semifinais, pode terminar a primeira fase no primeiro lugar, se vencer seu jogo e o Cruzeiro, atual líder, perder para o Uberaba. Mas o Galo pode ser o quarto, caso perca para o Dragão e o América-MG vença o Villa Nova.

- A gente pode ainda brigar pela primeira colocação, mas uma derrota pode nos deixar em quarto. Acho que é o momento que todo jogador gosta, a fase final. Tomara que eu possa estar em campo, que eu possa participar e se o Dorival optar por mim, eu vou tentar fazer o meu melhor. Quero chegar no início do Brasileiro no meu ponto certo.    

veja também