MENU

Danrlei e Fabiano, símbolos de rivalidade, viram colegas de time

Danrlei e Fabiano, símbolos de rivalidade, viram colegas de time

Atualizado: Segunda-feira, 12 Dezembro de 2011 as 10:11

Danrlei foi um dos idealizadores do jogo

(Foto: Agência Estado) Eles foram símbolos da rivalidade Gre-Nal nos anos 90. E, quem diria, viraram colegas de time, pelo menos por um dia. Neste domingo, em jogo festivo no estádio Passo D’Areia, em Porto Alegre, o ex-goleiro Danrlei, multicampeão pelo Grêmio, e o ex-atacante Fabiano, ídolo do Inter, estiveram lado a lado para enfrentar uma equipe formada por amigos de Romário – que acabou não aparecendo. Eles foram derrotados.

Danrlei e Fabiano foram duas das figuras mais representativas do clássico. O gremista fechou o gol repetidas vezes, mas também sofreu com o atacante. Foi Danrlei quem começou (mas saiu lesionado), por exemplo, o Gre-Nal da goleada de 5 a 2 do Inter, em 1997, no qual Fabiano ficou eternizado pelos colorados.

O ex-goleiro também teve suas vitórias sobre o atacante. Um lance foi representativo da rivalidade entre eles. Em uma dividida entre ambos, Danrlei foi ao chão, forçando a barra, alegando agressão. Fabiano foi expulso. Ao falar sobre o lance, disse que o goleiro se jogou no chão feito uma “franga velha”.

Fabiano: amigos depois de 'se estapearem'

(Foto: Alexandre Alliatti/Globoesporte.com) Encerradas as carreiras de ambos, a rivalidade virou cumplicidade. Danrlei brincou com a situação.

- Tive que trazer o homem pro meu time, ou ele ia lá e fazia gol em mim.

Fabiano lembrou dos tempos de duelos com o rival. Ele admite que havia uma disputa forte ali.

- Depois de muitos anos jogando Gre-Nais, brigando, se estapeando, somos amigos. Ele me convidou, e agradeço a ele. Sobrou a amizade. Foram Gre-Nais do passado. Com certeza, nós duelávamos. Ele protegia o time dele, e eu defendia o meu. Quando a gente vestia vermelho e azul, o bicho pegava – comentou o ex-atacante.

Fabiano jogou em parte do primeiro tempo e passou em branco neste domingo. Danrlei levou quatro gols na derrota de 6 a 3.        

veja também