MENU

De Mano para Mano: primeiro técnico de Hulk é xará do da Seleção

De Mano para Mano: primeiro técnico de Hulk é xará do da Seleção

Atualizado: Quarta-feira, 9 Fevereiro de 2011 as 4:18

O sucesso de Hulk começou pelas mãos de Mano. Não o Menezes, da Seleção Brasileira. Mas sim o Mano de Campina Grande, no interior da Paraíba. José Antônio da Costa foi o primeiro treinador do agora atacante do Porto. Foi também que financiou seus passos iniciais no futebol. Tudo por conta da amizade com Gilvan, pai do jogador, e também por ter percebido algo de diferente no garoto.

- Eu sou muito grato ao Mano, porque em uma época que eu não tinha condição de pagar para jogar em uma escolinha de futebol, ele me ajudou. Agora eu dou uma assistência a ele e estamos juntos em um projeto social em Campina Grande. Estamos com a ideia de ajudar as crianças carentes – lembrou Hulk, convocado por Mano Menezes para o amistoso contra a França, nesta quarta-feira, em Paris.

A história de Hulk com o Mano do Nordeste começou em 1996, quando o atacante ainda tinha apenas 10 anos. Sem dinheiro para colocar o filho em uma escolinha de futebol, o pai Gilvan recorreu ao amigo José Antônio da Costa e pediu que ele aceitasse o garoto na “Futebol e Companhia”, comprometendo-se a pagar metade da mensalidade de R$ 150. Só que esse acordo durou apenas um mês.

- O pai do Hulk sempre foi muito meu amigo. E ele me pediu para deixar o menino treinar na escolinha. Ele disse que poderia pagar metade do valor da mensalidade, mas só conseguiu um mês. Mesmo assim eu deixei o Hulk continuar e pedi para descontarem do meu salário. Dos 160 meninos que treinavam lá, apenas o Hulk não pagava. Ele ficava constrangido. Mas era o mais dedicado, muito diferente dos outros. Treinava pela manhã e às vezes pedia para ir à tarde também. Eu logo notei que ele tinha potencial – contou o Mano nordestino.     Essa passagem, por sinal, incentivou Hulk a montar um projeto social em Campina Grande. Com o intuito de caçar talentos e dar oportunidade àqueles que não têm condição financeira de ir a uma escola particular, o atacante está financiando um centro gratuito de futebol, que terá o comando de Mano.

- Fico muito feliz de ter descoberto o Hulk. Quando uma criança nasce e você pega ela no colo, algumas marcam. E o Hulk marcou como se fosse meu filho. Estou feliz de poder tomar conta do projeto que ele está fundando em Campina Grande. Sou grato por essa oportunidade – comentou o ex-técnico do ídolo do Porto.

José Antônio esteve recentemente com Hulk em Portugal. Ficou 20 dias acompanhando o pupilo. Foi a treinos, jogos... E deixou um recado para Mano Menezes, seu xará e atual técnico da Seleção Brasileira.

- Mano, se você der uma oportunidade para o Hulk começar jogando na Seleção, ele vai dar muita alegria em 2014 – disse José Antônio da Costa.

Essa é a segunda vez que Hulk é chamado por Mano Menezes. A primeira vez foi no período de treinamentos que o Brasil fez em Barcelona, na Espanha, em setembro.      

veja também