MENU

De novo treinador, Liverpool perde o clássico contra o Manchester United

De novo treinador, Liverpool perde o clássico contra o Manchester United

Atualizado: Segunda-feira, 10 Janeiro de 2011 as 9:22

O Liverpool foi a Manchester de novo treinador em busca de uma vaga na quarta fase da Copa da Inglaterra. Não conseguiu. Um pênalti mal marcado no primeiro minuto de jogo e convertido pelo veterano Ryan Giggs garantiu ao United a vitória magra por 1 a 0, no clássico deste domingo, no Old Trafford, que leva os Red Devils à próxima fase da FA Cup. A equipe, agora comandada por Kenny Dalglish, ainda teve a sua vida dificultada por conta da expulsão do capitão Steve Gerrard, ainda no primeiro tempo da partida.

Novo treinador, ex-atacante escocês Kenny Dalglish, de 59 anos, é considerado um dos maiores ídolos da história do Liverpool. O técnico assumiu no lugar de Roy Hudgson, demitido neste sábado após os maus resultados da equipe, e, inclusive, já esteve à frente dos Reds, embora não tenha comandado nenhum time desde 2000, quando dirigiu o Celtic.

Sem Rooney, o Manchester contou com o lateral-direito Rafael como titular. Além do ex-tricolor, o meia Anderson, que vinha jogando entre os 11, começou no banco e entrou na etapa final. Já os visitantes tiveram dois brasucas: Fabio Aurélio e o volante Lucas, que vem atuando com regularidade na equipe.

Mesmo com novo treinador, o duelo começou da mesma forma que acontecia com o velho Liverpool. Com menos de um minuto de jogo, o árbitro inglês Howard Webb, que apitou a decisão da última Copa do Mundo entre Holanda e Espanha, marcou um pênalti inexistente de Agger em Berbatov. Giggs, que nada tinha a ver com o erro do juiz, foi para a cobrança e não perdoou, deixando o Manchester em vantagem logo no início.

A situação do Liverpool conseguiu ficar ainda pior aos 32. Gerrard chegou forte em Carrick e foi expulso, deixando sua equipe com um homem a menos em campo. Mesmo com a vantagem numérica, o Manchester não exerceu muita pressão no time visitante no decorrer da primeira etapa, com a exceção de uma cabeçada de Evans na trave, já nos acréscimos.

O Liverpool voltou para a segunda etapa mais acuado, e o Manchester saiu em busca do segundo. No entanto, o gol, que parecia que iria sair por questão de detalhes, acabou não acontecendo. Os Red Devils criavam boas oportunidades, mas a bola saia pela linha de fundo ou ficava em Reina.

Com o decorrer do tempo, o United passou a administrar a posse de bola, enquanto o Liverpool tenta, sem sucesso, sair em busca do empate que garantia um novo duelo, como manda o regulamento da competição. Mas, com um jogador a menos e diante de um forte adversário, os Reds acabaram caindo precocemente na tradicional competição inglesa.

Tottenham vence e se classifica

No mesmo horário, o Tottenham recebeu o Charlton, da Terceira Divisão, e fez o dever de casa. Classificado para a quarta fase da Copa da Inglaterra, os Spurs venceram por 3 a 0, com gols de Townsend e Defoe (duas vezes), todos na Segunda etapa de jogo.

veja também