MENU

De olho em Pequim, Thiago Pereira viaja para treinar e competir na Europa

De olho em Pequim, Thiago Pereira viaja para treinar e competir na Europa

Atualizado: Terça-feira, 20 Maio de 2008 as 12

De olho em Pequim, Thiago Pereira viaja para treinar e competir na Europa

Nadador fará treino em altitude e participará do Circuito Mare Nostrum

O nadador Thiago Pereira, ganhador de seis medalhas de ouro no Troféu Maria Lenk, última seletiva para a Olimpíada de Pequim, seguiu neste domingo para novo desafio. Junto com um grupo de seis atletas, ele fará um período de treinamento em altitude em Sierra Nevada, na Espanha, até o dia 8 de junho. Depois disso segue para competir no Circuito Mare Nostrum, em Barcelona, também na Espanha, e Canet, na França.

“O treinamento em altitude marca o meu último ciclo de preparação para a Olimpíada de Pequim. É um treino difícil, mas que me ajudará muito na parte respiratória”, disse Thiago, que nesse ano já ganhou oito medalhas de ouro em competições nacionais e internacionais. “Estou muito contente com meu desempenho no Maria Lenk, me esforcei bastante e consegui nadar perto das minhas melhores marcas. Agora é partir para as minhas últimas competições antes da Olimpíada”, disse o atleta, que é patrocinado por Bradesco, Correios, Speedo e Minas Tênis Clube.

O Circuito Mare Nostrum será dividido em duas partes. Na primeira, Thiago competirá em Barcelona, nos dias 10 e 11 de junho. O torneio ainda prosseguirá entre os dias 14 e 15 de junho, em Canet, na França. “O meu objetivo na competição não é conseguir grandes resultados. Voltei ao ritmo forte de treinamento e tenho consciência que será difícil baixar marcas agora”, explicou o nadador fluminense.

Embora tenha obtido índice olímpico em seis provas individuais e podendo participar dos revezamentos, Thiago resolveu em conversa com o técnico Fernando Vanzella, do Minas Tênis Clube e da seleção brasileira, disputar apenas três provas em Pequim – os 200 e os 400m medley e o revezamento 4x200m livre. O nadador conseguiu também as marcas exigidas pela CBDA nos 200m livre, 100m e 200m costas e 200m peito, além dos 200m e 400m medley. “O meu objetivo de disputar as duas provas de medley foi alcançado. Claro que gostaria de participar de mais alguns revezamentos, mas está de bom tamanho disputar três provas”, afirmou Thiago.

Primeiro nadador da história a vencer o Prêmio Brasil Olímpico, em 2007, e melhor nadador do mundo no ano passado segundo o site da revista Swimming World, Thiago busca o tão sonhado pódio olímpico em Pequim.

A viagem para a Europa faz parte do programa de preparação para os Jogos Olímpicos de Pequim, coordenado e custeado pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), com recursos dos Correios e da Lei Agnelo/Piva. Viajam também Fabíola Molina, Nicolas Oliveira, Gabriel Mangabeira, Joana Maranhão, Rodrigo Costa e Ana Marcela Cunha.

veja também