MENU

De olho na liderança, Timão encara o embalado Bahia em Pituaçu

De olho na liderança, Timão encara o embalado Bahia em Pituaçu

Atualizado: Quarta-feira, 29 Junho de 2011 as 9:19

Baiano Liedson será uma das atrações do Corinthians

na partida contra o Bahia (Foto: Agência Estado)

  Dono do melhor aproveitamento de pontos do Campeonato Brasileiro (86,7%), o Corinthians vai agora atrás da liderança. Mas a missão alvinegra não será nada fácil mesmo depois de massacrar o São Paulo por 5 a 0, no último domingo. O Timão tem pela frente o embalado Bahia, nesta quarta-feira, às 21h40m, em Pituaçu, pela sétima rodada.

Após um início instável, o Tricolor baiano mostrou seu poder de reação nas últimas rodadas. O clube obteve duas vitórias seguidas fora de casa contra Fluminense e Atlético-PR e ganhou fôlego na classificação, chegando ao 11º lugar, com oito pontos. Entretanto, acumula resultados ruins em casa: empates Atlético-MG (1 a 1) e Flamengo (3 a 3).

Já o Corinthians tenta aproveitar o grande momento no torneio para disparar. O Timão é o vice-líder, com 13 pontos, dois a menos que o São Paulo. Uma vitória no Nordeste aliada a um tropeço rival diante do Botafogo, no Morumbi, o colocará na ponta da tabela. O Alvinegro tem ainda um jogo a menos, depois que o clássico contra o Santos foi adiado para 10 de agosto.

Sandro Meira Ricci (Fifa-DF) apita a partida. Ele será auxiliado por Carlos Emanuel Manzolillo (DF) e Cesar Augusto de Oliveira Vaz (DF). A Rede Globo transmite a partida para Santa Catarina, Paraná, São Paulo Bahia (exceto Salvador) e Pernambuco (exceto Caruaru). Você acompanha também, em Tempo Real, no GLOBOESPORTE.COM.

Bahia: O Tricolor baiano espera manter o embalo e confirmar a boa fase. Todos os 32.157 bilhetes para a partida foram vendidos, o que comprova a empolgação da torcida após as duas vitórias do Bahia fora de casa. Se a meta do clube baiano é voar alto, a partida contra o invicto Corinthians pode ser um divisor de águas.

Corinthians: o técnico Tite prega desde o início da competição a importância de permanecer no bloco dos sete primeiros. Mas o Timão tem a oportunidade de fazer melhor. Invicto e com um jogo a menos, o clube pode voltar de Salvador líder do Brasileirão ou, pelo menos, se mantendo em uma confortável colocação.

Bahia: Com o time cheio de desfalques, onze no total, René divulgou uma lista de relacionados com muitas novidades. Danny Morais, Marcos, Ricardinho e Nikão são os favoritos para substituir Titi, Ávine, Carlos Alberto e Jobson. No entanto, o time segue indefinido. René não confirmou as modificações. O Bahia deve atuar com Marcelo Lomba, Jancarlos, Danny Morais, Paulo Miranda e Marcos; Fahel, Marcone, Diones e Ricardinho, Nikão e Júnior.

Corinthians: o treinador alvinegro confirmou a escalação com apenas uma modificação em relação à rodada anterior. O volante Edenílson, contratado do Caxias após os estaduais, fará sua primeira partida como titular. O meia Alex, regularizado na CBF, iniciará o confronto no banco de reservas. A formação é a seguinte: Julio Cesar, Weldinho, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Edenílson e Danilo; Willian, Liedson e Jorge Henrique.

Bahia : No total, o Tricolor tem onze desfalques. Quatro destes estavam em campo no último jogo contra o Atlético-PR. Titi e Jobson cumprem suspensão automática pelo terceiro cartão, enquanto Ávine e Carlos Alberto ficam de fora por problemas médicos. Além deles, o zagueiro Thiego segue se recuperando de uma pubalgia, enquanto Helder reclama de dores no joelho. Dodô, Boquita, Lulinha e Souza não podem entrar em campo devido a cláusulas contratuais, já que pertencem ao Corinthians.

Corinthians: o volante Paulinho recebeu o terceiro cartão amarelo e cumpre suspensão. O lateral-direito Alessandro, em fase final da lesão na coxa direita que sofreu na segunda rodada, contra o Coritiba, permanece em tratamento e deve estar liberado a partir da próxima semana.

Bahia: Marcone Corinthians: Liedson

Bahia: contratado após uma polêmica transferência do Vitória para o Bahia, o atacante Nikão deve ser a principal novidade do Bahia nesta quarta. Ele é o favorito para assumir a vaga de Jobson, principal jogador do Bahia no campeonato. A última partida oficial do meia atacante foi no dia 21 de maio, quando enfrentou o Vila Nova, na primeira rodada da Série B, vestindo a camisa do Vitória. No Bahia, o garoto espera repetir o bom futebol que fez dele uma das sensações do Campeonato Baiano.

Corinthians: depois de três rodadas de jejum, Liedson quebrou a série ruim em grande estilo. O Levezinho fez três dos cinco gols sobre o São Paulo e voltou a ser decisivo para a equipe. Além disso, já é o artilheiro do Brasileiro ao lado de Bernardo, do Vasco, e Luan, do Palmeiras.

Nikão, atacante do Bahia: “É uma estreia difícil. Todo mundo sabe da qualidade do Corinthians, mas não podemos tirar nossos méritos, somos uma equipe qualificada. Vai ser um jogo bastante truncado. Mas é nessas horas que os bons jogadores aparecem, nas horas difíceis. Os jogos fáceis todo mundo consegue jogar. É nos jogos difíceis que a gente vê quem é quem.”

Tite, técnico do Corinthians: “O resultado dá confiança, mas jogar bem também dá. O Bahia também está confiante. Às vezes, acontecem resultados como esse do clássico, mas não são normais. Normal no futebol brasileiro é encontrar uma dificuldade muito grande. Os mesmos três pontos do clássico vão valer contra o Bahia”.

* Quem venceu mais? Confira o histórico do confronto na Futpédia

* No confronto, o Corinthians marcou 49 vezes contra 37 do Bahia.

* Desde 1997, quando perdeu em casa, o Bahia não é derrotado pelo Timão, na Série A. De lá para cá foram cinco jogos.          

veja também