MENU

De olho no G-8, Portuguesa enfrenta o Santo André querendo manter tabu

De olho no G-8, Portuguesa enfrenta o Santo André querendo manter tabu

Atualizado: Quarta-feira, 23 Março de 2011 as 9:50

Buscando se aproximar do G-8 no Paulistão, a Portuguesa encara o Santo André nesta quarta-feira, às 19h30m, pela 15ª rodada do estadual. O Rubro-Verde, que vem de vitória por 4 a 1 sobre o Mirassol, tem um relevante fator ao seu lado: o estádio do Canindé. Jogando como visitante, o Ramalhão, que está ameaçado de rebaixamento, jamais superou a Lusa na Série A-1. O time do ABC, aliás, ainda não conseguiu vencer fora de casa este ano.

A Portuguesa ainda não conta com o volante Glauber e o meia Marco Antonio, machucados. Por outro lado, o goleiro Juninho se recuperou de dores nas costas e deve retornar à equipe. Certa mesmo é a presença do atacante Jael. Destaque contra o Mirassol ao marcar dois gols, o jogador espera que a Lusa mantenha o desempenho apresentado na última partida.

- O jogo contra o Mirassol foi importante não só pelo resultado, mas principalmente pelo jeito com que a equipe se comportou em campo. Contra o Santo André, temos que continuar com esse mesmo estilo de jogo, partindo para cima do adversário e fazendo uma forte marcação. Temos a obrigação de vencer essa partida para continuarmos a nossa busca pelo G8.

O Santo André, por outro lado, tem urgência para acabar com o jejum de vitórias longe dos seus domínios na atual temporada. O time está na vice-lanterna do Paulistão com 11 pontos e aposta todas as suas fichas nestas cinco rodadas para o fim da primeira fase para fugir da degola. Mas, para isso, o Ramalhão tem de quebrar o tabu de nunca ter batido a Lusa em 13 jogos como visitante na elite de São Paulo.

Surpresas querem frear queda

Mirassol e Americana surpreenderam ao figurar no topo da classificação no estadual, mas, agora, os times se enfrentam nesta quarta-feira, às 17h, buscando se reabilitar na competição. A Águia foi líder por um dia e o Leão conseguiu se manter no posto por uma rodada, mas ambos caíram na sequência.     Desde que chegou à liderança, o Mirassol, que joga em casa nesta quarta-feira, empatou um jogo e perdeu os outros três. Com 23 pontos, o time ainda está no G-8 do Paulistão, mas tem apenas quatro pontos de vantagem para o nono colocado. Por isso, o discurso da equipe é o de decisão a cada partida.

- Daqui para frente, estamos tratando esses cinco jogos como se fosse uma final de Copa do Mundo. Dependemos apenas das nossas forças para levarmos o Mirassol à próxima fase. Para chegarmos lá, temos de vencer esses dois jogos em casa - diz o goleiro Fernando.

Os visitantes estão em situação ainda pior. O Americana amarga uma sequência de cinco derrotas sem ao menos balançar as redes. Na 13ª posição, o time precisa tirar cinco pontos de diferença para o Paulista, que figura no oitavo posto no momento.

Outra equipe na briga pela classificação para o “mata-mata” nesta quarta-feira é o Bragantino, que encara fora de casa o São Caetano, às 17h. Em nono lugar, os visitantes estão a apenas dois pontos do G-8, enquanto o Azulão vem um pouco atrás e pode ultrapassar o adversário desta quarta-feira em caso de vitória.

  Já em Bauru, o duelo é para fugir do rebaixamento. O Noroeste, que está fora da zona de degola por um ponto, recebe o atual lanterna, o Grêmio Prudente, às 19h30m.

Confira os jogos da 15ª rodada do Paulistão

  Quarta-feira

17h – São Caetano X Bragantino

17h – Mirassol X Americana

19h30m – Santos X Mogi Mirim

19h30m – Noroeste X Grêmio Prudente

19h30m – Palmeiras X Linense

19h30m – Portuguesa X Santo André

21h50m – Paulista X São Paulo

21h50m – Corinthians X Oeste

Quinta-feira

19h30m – São Bernardo x Botafogo

21h – Ponte Preta X Ituano      

veja também