MENU

De olho no penta, Vitória decide o Baianão contra o Bahia de Feira

De olho no penta, Vitória decide o Baianão contra o Bahia de Feira

Atualizado: Domingo, 15 Maio de 2011 as 9:30

Vitória está a um empate do penta estadual (Foto: Ag.Estado)

  Neste domingo, o Barradão recebe a grande final do Campeonato Baiano 2011. Vitória e Bahia de Feira se enfrentam às 16h e decidem quem levanta a taça de campeão estadual. Na partida de ida, no estádio Joia da Princesa, os times empataram em 2 a 2. Agora, no Manoel Barradas, um empate dá o título ao Rubro-negro.

Com a segunda melhor campanha do Baiano, o Tremendão não se intimida com a vantagem adversária. O técnico Arnaldo Lira promete partir para cima do Leão, sem medo, para levar a Feira de Santana o título estadual que a cidade não vê desde 1969, quando o Fluminense foi campeão. Neste domingo, o Bahia de Feira vai contar com a volta do meio-campo Bruninho, que cumpriu suspensão e agora pretende se despedir do time em grande estilo, já que sua transferência para o Cruzeiro já está acertada. Por outro lado, o zagueiro Paulo Paraíba se recupera de uma lesão na coxa e desfalca a equipe.

Já o Leão vai entrar em campo pressionado para conquistar o pentacampeonato. Apesar de precisar apenas de um empate, a torcida teme que o episódio de 2006 se repita, quando o Colo Colo adiou o penta rubro-negro. Sem mistérios, Antônio Lopes confirmou ainda no meio da semana que o time será aquele conhecido pelo torcedor. Uelliton, que era dúvida durante a semana, está confirmado. Esdras volta de suspensão e Reniê forma dupla de zaga com Alison.

Vitória: Para o Leão, a partida vale o inédito pentacampeonato baiano e a hegemonia regional da década no país. Se levantar a taça neste domingo, o Rubro-negro terá conquistado nove títulos estaduais em 10 anos. Além disso, o triunfo no Barradão será um presente para o clube, que completou 112 anos na última sexta-feira.

Bahia de Feira: Apesar de precisar vencer na casa do inimigo, o Tremendão está confiante para garantir o título estadual. Reverter a vantagem rubro-negra e mostrar o poder do interior será o motivo de maior orgulho do Tricolor de Feira, coroando uma trajetória de ascensão desde 2009, quando o time voltou à Primeira Divisão do estadual.

Vitória: Com a volta de Esdras, que estava suspenso, e Uelliton recuperado das dores no joelho, o time está completo para entrar em campo neste domingo. O Vitória vem com a escalação conhecida pelo torcedor: Viáfara; Nino, Alison, Renié e Eduardo; Uelliton, Esdras e Mineiro; Geovanni, Elkeson e Nikão.

Bahia de Feira: Com dúvidas no ataque e à espera da recuperação de Paulo Paraíba, o técnico Arnaldo Lira esperou até a última sexta-feira para definir a equipe. Neste domingo, o atacante Carlinhos entra no lugar de Diego e Alex Baiano substitui o zagueiro lesionado. O Tremendão deve entrar em campo com a seguinte formação: Jair; Leo, Alex Baiano, Alex Alagoano e Edson; Lau, Rogério, Bruninho e Diones; Carlinhos e João Neto.

Vitória: O xodó do Delegado Lopes deve dar trabalho ao Bahia de Feira neste domingo. Com nove gols no estadual, o jovem Nikão, de 18 anos, vai brigar com unhas e dentes pela artilharia da competição e pode balançar as redes do adversário no Barradão.

Bahia de Feira: Um dos destaques do time no campeonato, o meio-campo Bruninho promete fazer uma bela partida para deixar saudade no torcedor tricolor. Rápido e com chutes precisos, o jogador que foi desfalque no jogo de ida pode fazer a diferença na decisão do Baianão.

Geovanni, meia-atacante do Vitória: “O título é importante, mas o jogo de domingo vai ser complicado. Temos que entrar ligados, buscar a vitória e não o empate. Será um jogo difícil. Espero que os torcedores compareçam. Eles são o 12º jogador em campo”.

Arnaldo Lira, técnico do Bahia de Feira: “Nós analisamos o jogo de ida e vamos tentar uma maneira de neutralizar os pontos fortes do Vitória. Nós fizemos até agora um bom campeonato, mas só vai ser um campeonato excelente se vencermos”.        

veja também