MENU

De uma final para outra: Oscar volta ao Inter em busca de mais um

De uma final para outra: Oscar volta ao Inter em busca de mais um

Atualizado: Quarta-feira, 24 Agosto de 2011 as 12:04

Incansável, Oscar quer agora dar volta olímpica com

o Inter (Foto: Eduardo Cecconi/Globoesporte.com)

  Três dias separam Oscar de duas finais diferentes, com duas camisas diferentes, em dois países diferentes. Campeão mundial sub-20 no sábado, com a seleção brasileira, na Colômbia, o jogador é a principal novidade no Inter na decisão da Recopa Sul-Americana, nesta quarta-feira, contra o Independiente. Ele começará a partida ao lado de D’Alessandro no meio-campo.

O Inter contava os dias para ter o jogador de volta. Quando o guri saiu, era um time com ele e outro sem ele no Brasileirão. O aproveitamento vermelho no primeiro caso era de classificado para a Libertadores; no segundo, de rebaixado. Com o passar do tempo, o time até se habituou à ausência dele, e o sentimento na diretoria é de que a perda teve um lado positivo. Afinal, o jogador fez três gols na decisão do Mundial, sobre Portugal. Foi muito valorizado.

Não por acaso, Oscar saiu titular e voltou titular, mesmo com pouco tempo de treinamentos, mesmo com figuras como Andrezinho e Tinga como concorrentes. Dorival Júnior, ao falar sobre o atleta, escancarou a moral que ele tem.

- Hoje em dia, é importante que o jogador tenha polivalência, porque acrescenta, em suas condições iniciais, qualidades despertadas apenas em momentos de necessidade. O especialista deixou de ser valorizado. Estamos valorizando um multiespecialista. Acredito que o Oscar seja um desses jogadores. Ele tem que aproveitar isso da melhor maneira possível. Quero que ele chegue de frente para o gol, que nunca fique de costas – disse o treinador.

Dorival quer dar asas a Oscar. A ideia é que ele, e também o atacante Dellatorre, jogue com leveza, para cima – mas, claro, sem esquecer suas atribuições táticas.

- A ideia é que tenham liberdade de movimentação, sempre obedecendo uma função inicial, em cima do posicionamento que cada um sempre apresentou – disse o treinador.

Oscar, campeão gaúcho pelo Inter, pode conquistar seu primeiro título internacional com a camisa colorada. No ano passado, ele chegou ao Beira-Rio em meio à disputa da Libertadores, mas não participou do elenco bicampeão da América.              

veja também