MENU

De virada, Coritiba vence e afunda o desesperado América-MG: 3 a 1

De virada, Coritiba vence e afunda o desesperado América-MG: 3 a 1

Atualizado: Segunda-feira, 31 Outubro de 2011 as 8:39

No duelo da tranquilidade contra o desespero, melhor para o Coritiba, que venceu o lanterna América-MG por 3 a 1 na tarde deste domingo, no Couto Pereira, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Coelho saiu na frente com Kempes, mas o Coxa virou com Rafinha, Davi e Jéci.

Com o resultado, o Coritiba permanece na 11ª posição, agora com 45 pontos. Ele está 13 pontos à frente do Z-4 e sete atrás do G-5. Já o América-MG se afunda na última posição, com apenas 25 pontos.

  Coritiba e América-MG voltam a campo no próximo domingo, dia 6. Às 19h (de Brasília), o Coxa visita o Palmeiras na Arena Barueri, em Barueri-SP. Mais cedo, às 17h, o Coelho recebe o Corinthians em Uberlândia-MG.

O início da partida foi uma caricatura de cada equipe no Campeonato Brasileiro. Tranquilo no meio da tabela, os mandantes trocavam passes e chagavam com facilidade ao gol adversário. Antes dos dez minutos, Bill perdeu duas oportunidades, uma ao errar o cabeceio e outra em chute da entrada da área, que passou perto.

Já o Coelho, que começou a rodada oito pontos atrás do primeiro fora do Z-4, errava na saída de bola e pouco ameaçava. O time mineiro só melhorou quando o Coxa diminuiu a pressão. O América-MG cresceu e, aos 17 minutos, abriu o placar com Kempes. O atacante recebeu no meio-campo, avançou livre, passou com facilidade por Léo Gago e bateu forte, sem chance para Vanderlei.

A reação do Coritiba não demorou. O time voltou a exercer a pressão do início e, aos 19, chegou ao empate. Rafinha fez fila na marcação e bateu cruzado. Neneca ainda tocou na bola, mas não evitou o gol. O Coxa manteve o ritmo e, cinco minutos depois, virou. Davi, da entrada da área, soltou a bomba e fez Coritiba 2 a 1.     Rafinha marca segundo gol do Coritiba, que vence o América-MG: 3 a 1 (Foto: Futura Press)     No 4-2-3-1, o time paranaense passou a administrar o resultado. Ele trocava passes no meio-campo, sem objetividade. Já o América-MG, no 3-5-2, tentava o segundo gol nos contra-ataques, principalmente pelas alas, com o improvisado Rodriguinho na direita e com Gilson na esquerda. O clube mineiro também arriscou de longe, mas uma finalização foi para fora e a outra parou em Vanderlei. Na última chance clara da etapa inicial, Amaral cobrou falta por cima, com perigo.

Antes do intervalo, a torcida alviverde ainda teve tempo de comemorar o primeiro gol do Atlético-MG, concorrente do rival Atlético-PR na luta contra o rebaixamento. O clube mineiro venceu por 2 a 1.

Coritiba amplia e afunda o Coelho

Assim como no primeiro tempo, o Coritiba iniciou a etapa final melhor. Apesar dos passes errados no meio-campo, a equipe de Marcelo Oliveira assustou com Rafinha, que nem bateu no gol, nem cruzou para Davi, livre na área. Depois, o ritmo da partida despencou. O Coxa se acomodou na vantagem. Já o América-MG parecia abatido em campo. Apesar da pressão pela situação na tabela, o Coelho só foi assustar, pela primeira vez no segundo tempo, aos 17. Gilson chutou para boa defesa de Vanderlei.

O jogo só voltou a esquentar após confusão no setor ofensivo do Coritiba. Dois jogadores do Coelho - William Rocha e Gilson - receberam cartões por faltas. A torcida passou a gritar mais forte, e o Coritiba partiu em busca do terceiro gol. Porém, Everton Costa, após cruzamento da direita e em chute por cima, e Léo Gago, em cobrança de falta, desperdiçaram. Na sequência, Everton Costa bateu para fora a terceira chance seguida dele.

Para tentar mudar o panorama da partida, o técnico Givanildo Oliveira trocou William Rocha e Fabrício por Sheslon e Irênio. Porém, as alterações não deram resultado. Marcelo Oliveira respondeu com Geraldo no lugar de Marcos Aurélio. Antes do fim, após cobrança de escanteio, Jéci fez o terceiro, de cabeça, e fechou o placar. Para alegria da torcida alviverde. Para desespero do América-MG.               Vídeo: Youtube

veja também