MENU

De volta à equipe, Lucas rejeita rótulo de estrela no São Paulo

De volta à equipe, Lucas rejeita rótulo de estrela no São Paulo

Atualizado: Quarta-feira, 11 Maio de 2011 as 3:57

Lucas volta ao time do São Paulo (Foto: Ag. Estado)

  Nas entrevistas do São Paulo, não é raro alguém falar da importância de Lucas e badalá-lo como o “craque do time”, como fez o zagueiro Xandão. Em campo, mesmo sendo tão jovem – ele tem somente 18 anos – o meia veste a camisa 7 do São Paulo e é sempre apontado pelos rivais como a maior arma do time. Mas Lucas, que volta nesta quinta-feira ao time – contra o Avaí, pelo segundo jogo das quartas de final da Copa do Brasil –, rejeita qualquer rótulo de estrela.

Depois de quatro partidas sem jogar, Lucas se recuperou de uma lesão no músculo adutor da coxa direita e está novamente à disposição do técnico Paulo César Carpegiani – além dele, Rhodolfo e Fernandinho também voltam depois de contusão. E no jogo da Ressacada, o jovem são-paulino é apontado pelos próprios companheiros como peça fundamental na equipe.

- Acho que ele é intocável. É um jogador que faz a diferença em campo, não só pelas jogadas individuais. Ele também ajuda na marcação – afirmou o zagueiro Xandão.

Adjetivos como o “intocável”, porém, são dispensados pelo camisa 7 do Tricolor. Apesar da passagem pela Seleção Brasileira principal, do título do Sul-Americano Sub-20 e do bom momento que vive com o São Paulo, ele não quer saber de carregar esse peso. Pelo menos não agora.

- Sempre falo que não sou o principal jogador, apenas contribuo com a minha parcela. Se o time não foi bem sem mim, acontece. O Fernandinho também fazia falta porque estava entrosado. Quando se perde uma peça isso é sentido. Que sabe um dia eu serei esse principal, mas hoje não sou – disse Lucas, que não esteve na derrota tricolor para o Santos, na semifinal do Paulistão.

Depois de ter sofrido fora de campo, acompanhando apenas pela televisão os jogos da equipe, Lucas espera aproveitar o jogo contra o Avaí. Na primeira partida, o São Paulo venceu por 1 a 0, no Morumbi. Um empate por qualquer placar garante o Tricolor na próxima fase da Copa do Brasil.

- Ficar fora é complicado, ainda mais de partidas decisivas. Fiquei torcendo, mas acontece (resultado ruim). Estou feliz e volto para ajudar o grupo.        

veja também