MENU

Decepcionado com sua moto, Loris Capirossi pensa em aposentadoria

Decepcionado com sua moto, Loris Capirossi pensa em aposentadoria

Atualizado: Quinta-feira, 26 Maio de 2011 as 3:02

Capirossi está em sua 13ª temporada na MotoGP (Foto: Divulgação/Site Oficial)

  O veterano piloto italiano Loris Capirossi admitiu nesta quinta-feira estar pensando na aposentadoria. O piloto da Ducati Pramac, 15º colocado no Mundial de Motovelocidade, com apenas 9 pontos, está insatisfeito com sua moto e avisou que, se não houver mudanças, pode encerrar a carreira de 21 anos.

Apesar de se confundir com as palavras, Capirossi não escondeu a decepção com seu atual momento em entrevista à rede de TV italiana Sportmediaset.

- A situação é difícil, a moto é complicada. Em tantas voltas, sou o 13º, com 2s de distância para o melhor tempo... Desculpe-me, mas não quero acabar minha carreira assim. Eu vou reagir. Não estou vivendo um momento feliz. Se a moto mudar, poderei repensar. No futuro próximo, devo voltar a andar forte, mas se continuar assim tomarei uma decisão - disse.

Uma decisão oficial de Capirossi dificilmente sairá antes do GP da Catalunha, em 5 de junho. O italiano tem contrato de dois anos com a Ducati Pramac. Capirossi começou a carreira de piloto em 1990 e foi bicampeão na antiga categoria 125cc em suas duas primeiras temporadas. O piloto conquistou também um título na categoria 250cc, em 1998, antes de mudar definitivamente para a MotoGP - disputou a principal categoria da motovelocidade em 1995 e 96 e está nela desde 2000. Suas melhores colocações no Mundial foram os terceiros lugares obtidos em 2001 e 2006.          

veja também