MENU

Decisão de aceitar convite do Santos é de Ney Franco, diz Mano Menezes

Decisão de aceitar convite do Santos é de Ney Franco, diz Mano Menezes

Atualizado: Quinta-feira, 3 Março de 2011 as 4:32

O técnico Mano Menezes aproveitou a coletiva de imprensa desta quinta-feira, no Hotal Sheraton, em São Conrado, para comentar o convite feito pelo Santos a Ney Franco para assumir a equipe até o fim da Libertadores. Na opinião do treinador da Seleção Brasileira, a decisão é do coordenador das categorias de base da CBF, que terá que optar pela entidade ou pela proposta do Peixe.

- O primeiro aspecto que precisa ficar claro é o seguinte: a vida profissional do Ney quem vai escolher é ele. Sou funcionário da CBF como ele. Não vai ter a possibilidade dele trabalhar parte na confederação e parte em outro lugar. Ele tem um cargo que vai além do cargo de treinador da sub-20, que toma muito do seu tempo na confederação. Nós gostaríamos que ele ficasse conosco por sua competência, pela importância do projeto. Só ele pode falar do seu futuro - afirmou Mano Menezes.

Na semana passada, ao GLOBOESPORTE.COM, Ney Franco deixou bem claro que gostaria de permanecer na CBF. Segundo o treinador, ele traçou um projeto de vida e o seu vínculo com a entidade vai até as Olimpíadas de 2016, no Brasil. O comandante da sub-20 e coordenador da categorias de base da confederação admitiu ouvir a proposta do Santos, mas afirmou que a tendência mesmo seria ficar ao lado de Mano Menezes.

- Na realidade, não posso deixar de conversar com um clube grande, da Série A. Mas a tendência é escutar (proposta do Santos) e seguir o projeto aqui na CBF. A minha ideia é de continuar dentro da CBF. Só poderia mudar o panorama se pudesse trabalhar nos dois, mas isso já foi conversado antes da minha contratação e acertado que eu seria exclusivo - disse Ney Franco.

A ideia da diretoria do Santos era ter o treinador até o fim da Libertadores. Em seguida, Ney Franco retornaria à CBF para tocar o trabalho nas categorias de base da entidade.    

veja também