MENU

Deco ressalta importância de Abel: 'Treinador com experiência e nome'

Deco ressalta importância de Abel: 'Treinador com experiência e nome'

Atualizado: Quinta-feira, 12 Maio de 2011 as 1:53

Deco está confiante com a chegada de Abel (Foto: Alexandre Cassiano/O Globo)

  O Fluminense terá 10 dias para se preparar para a estreia no Campeonato Brasileiro, dia 22, contra o São Paulo, mas nas Laranjeiras é evidente a expectativa para que o tempo ande rápido e chegue logo o mês de junho. O motivo? A apresentação de Abel Braga. Apesar de elogiado pelo trabalho que colocou a equipe na segunda fase da Libertadores, Enderson Moreira é apontado como um treinador ainda sem rodagem, e a presença do comandante efetivo é vista como preponderante para que a equipe entre firme na briga pelo bicampeonato nacional.

Muito elogiado por Abel, Deco não esconde que a experiência do profissional campeão do mundo em 2006 pelo Internacional será fundamental para que o Tricolor supere a depressão pós-eliminações no Estadual e na Libertadores.

- Vai ser bom. O Fluminense vai ter um treinador com experiência, nome, um grande treinador que ganhou por onde passou, e isso vai ser importante para o grupo. Fico feliz pelos elogios. O respeito que tenho por ele é o mesmo.

O luso-brasileiro lamentou ainda o fato de Abel não poder dar sua cara ao time no tempo livre até a estreia no Brasileirão.

- Seria muito mais fácil se ele estivesse no dia a dia. Mas temos um treinador. O Enderson está aí e tem feito o trabalho dele. Lógico que é difícil para qualquer um ficar nessa situação de saber que vai chegar outro, mas é importante ter tranquilidade.

Na opinião de Deco, o momento no Fluminense é de colocar a cabeça no lugar e superar o mais rápido possível as frustrações do primeiro semestre. Com a Libertadores 2011 no passado, ele já projeta um retorno no ano que vem.

- Infelizmente, a Libertadores tem que ser passado, o que não gostaríamos que acontecesse. É uma derrota difícil de assimilar, até mesmo por ser para um time bom. Mas não temos o que fazer. Em futebol não dá para ficar lamentando. Já temos o Brasileirão pela frente, que é um campeonato difícil de ganhar, com muitos times nas mesmas condições. É uma batalha. Temos que estar preparados e, se tudo serenar, podemos brigar para voltar à Libertadores.

O Fluminense segue treinando no Rio de Janeiro até o próximo domingo, e a expectativa da diretoria é seguir para Granja Comary, em Teresópolis, segunda-feira para permanecer até a véspera da partida contra o São Paulo.        

veja também