MENU

Defesa do Palmeiras segura Santos e é aprovada em maior teste do ano

Defesa do Palmeiras segura Santos e é aprovada em maior teste do ano

Atualizado: Segunda-feira, 4 Abril de 2011 as 11:51

A defesa do Palmeiras ainda não havia encontrado teste tão desafiador quanto o deste domingo. Diante do melhor ataque do Campeonato Paulista, o Santos, o time de Luiz Felipe Scolari conseguiu sair de campo sem ser vazado e garantiu o 1 a 0 dentro da Vila Belmiro. Com muita marcação em cima dos astros Neymar e Paulo Henrique Ganso, a zaga palmeirense conteve a capacidade de improviso da dupla e os deixou o máximo de tempo possível longe do jogo. O ataque de 37 gols, pelo menos na tarde deste domingo, não funcionou. A defesa de seis gols sofridos, agora em 17 jogos, passou no teste e foi aprovada pelo comandante.   - Essa é uma de nossas armas principais, porque não temos sete, oito, dez chances de gol. Só temos três ou quatro e aproveitamos uma. Defensivamente, a equipe está bem postada, e aí consegue uma ou outra oportunidade lá na frente para marcar. O sistema de posicionamento está bom, vamos esperar que continue assim – afirmou Felipão.

Quando a bola passa pelo meio, é logo rifada pelos zagueiros ou desarmada pelos laterais. Em último caso, ainda há Deola no gol para salvar o time. Na Vila Belmiro, ele foi puro reflexo ao defender uma cabeçada de Edu Dracena quase na pequena área. Pouco depois, Kleber fez o gol da vitória palmeirense. O zagueiro Danilo, que levou cartão amarelo no começo do jogo e teve suas ações limitadas, reconhece a boa partida do camisa 22.

  - Hoje foi uma prova de fogo mesmo, o Santos tem um ataque muito veloz e eu tomei cartão amarelo cedo. O Deola estava bem e nosso sistema todo encaixou muito bem. Tiramos um pouco da velocidade do Santos e no fim eles começaram a alçar bolas na nossa área, que era o que queríamos – revelou Danilo.

O esquema parece estar bem melhor encaixado do que no ano passado, quando o setor defensivo não tinha tanto destaque. Com formação constante e já entrosada, a defesa passou a ser sinônimo de força na equipe. Thiago Heleno e Danilo se completam na zaga, enquanto Márcio Araújo faz a proteção logo à frente. Segundo Felipão, Araújo é um dos segredos para a boa marcação palmeirense. No domingo, ele foi um dos responsáveis por anular Ganso, que mal pegou na bola e saiu vaiado pela torcida santista.

- O que vocês têm visto o Araújo fazer, poucos volantes no Brasil fazem hoje. O termômetro do Palmeiras é esse setor de meio-campo, que não deixa que os jogadores adversários se aproximem e joguem no nosso campo – explicou.

Contra o Grêmio Prudente, no próximo sábado, dois integrantes da defesa estão suspensos: os laterais Cicinho e Rivaldo. Na direita, Márcio Araújo deve ser improvisado, abrindo espaço para Chico ou João Vitor no meio. Na esquerda, Gabriel Silva deve retomar a posição. O atacante Kleber também levou o terceiro cartão amarelo e não joga. Luan e Vinícius disputam a vaga.      

veja também