MENU

Deivid desencanta e reconhece pressão: 'A cobrança era grande'

Deivid desencanta e reconhece pressão: 'A cobrança era grande'

Atualizado: Segunda-feira, 24 Janeiro de 2011 as 10:57

Principal contratação do Flamengo no segundo semestre de 2010, Deivid sofreu com a readaptação ao futebol brasileiro. Foram apenas quatro gols em 19 jogos e o olhar torto de parte da torcida. O ano de 2011 começou desconfortável. Na estreia contra o Volta Redonda, o atacante não foi bem e, assim que saiu, assistiu ao substituto Wanderley marcar.

Foi o bastante para Vanderlei Luxemburgo ter de responder sobre a troca de centroavantes. O treinador rechaçou e bancou o jogador com quem já trabalhou no Santos, Cruzeiro e Corinthians.

No sábado, Deivid desencantou. Completou cruzamento rasteiro de Vander e fez o terceiro gol do Flamengo na vitória por 3 a 1 sobre o América.

- Foi apenas o segundo jogo oficial do Flamengo em 2011, mas a cobrança era grande, tanto da torcida quanto da imprensa. O gol me dá mais confiança e um pouco mais de tranquilidade – disse o jogador.

Mesmo nos piores momentos, o camisa 9 rubro-negro não fugiu da responsabilidade. Ele sabe que, pelo passado e pelo esforço de sua contratação, a expectativa é bem superior ao que foi produzido até o momento.

- Até pelo que fiz nos outros clubes que defendi, em que marquei muitos gols e conquistei títulos, tenho consciência que a expectativa da torcida é que eu faça o mesmo aqui no Flamengo. Essa pressão é natural, mas confio no meu trabalho e tenho o apoio do Vanderlei (Luxemburgo) e dos meus companheiros – afirmou.

O Flamengo enfrenta o Americano na próxima quarta-feira, no estádio Claudio Moacyr, em Macaé. O time lidera o Grupo A da Taça Guanabara com seis pontos, dois a mais do que Resende e Nova Iguaçu.  

veja também