MENU

Delegado vai ao CT para investigar cena da morte de jogador sub-15

Delegado vai ao CT para investigar cena da morte de jogador

Atualizado: Sexta-feira, 10 Fevereiro de 2012 as 11:28

Um dia após a morte do jogador Wendel Júnior Venâncio da Silva, que estava em fase de testes no time sub-15 do Vasco, o delegado responsável pela unidade de Itaguaí, Julio Cesar Vasconcelos, ordenou que o centro de treinamento onde o menino de 14 anos se sentiu mal durante um treino na manhã desta quinta-feira fosse investigado. O delegado assistente André Bueno está indo ao local para colher informações e intimar pessoas a prestar depoimentos.

- O Dr. André está a caminho do CT. Vai buscar mais informações e tentar falar com pessoas que estavam presentes no momento em que houve o incidente, treinadores, preparadores físicos. Quero que venham ainda hoje prestar depoimento na delegacia – afirmou o delegado Vasconcelos.

O responsável pelo caso relatou também que já fez um pedido de caráter urgente para o Instituto Médico Legal para liberação do exame de necropsia.

- Acredito que até o meio da semana que vem já terei esse laudo – disse Vasconcelos.

Entenda o caso

O adolescente Wendel Júnior Venâncio da Silva, de 14 anos, se sentiu mal durante o treino desta quinta-feira e não resistiu. Romulo Capello Teixeira, assessor especial da vice-presidência médica do Vasco, informou em depoimento que o menino foi atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itaguaí, mas já chegou morto ao local.

Uma senhora identificada como Dionícia, caseira do terreno onde fica o CT, conversou com companheiros de treino do rapaz e disse que, por volta das 9h30m, meia hora depois do início da atividade, o jogador começou a passar mal, desmaiou em campo e teve uma convulsão. Ainda segundo ela, o menino foi imediatamente levado à UPA pelo técnico da equipe, em seu carro particular.

W.J.V.S. fazia o seu segundo teste na categoria infantil, comandada pelo ex-lateral-esquerdo Cássio, na manhã de quinta-feira. Ele chegou ao clube por indicação de outro ex-jogador do clube, Marco Aurélio Ayupe, técnico da escolinha cruz-maltina em São João Nepomuceno, interior de Minas Gerais, cidade do rapaz.

veja também