MENU

Dentinho desabafa: 'Tinha dia que eu sentava para ver os jogos e chorava'

Dentinho desabafa: 'Tinha dia que eu sentava para ver os jogos e chorava'

Atualizado: Sexta-feira, 29 Outubro de 2010 as 1:35

A alegria de Dentinho voltou. Depois de cinco lesões seguidas e um cansativo mapeamento genético, o atacante deve reforçar o Corinthians na próxima quarta-feira, contra o Avaí, no estádio do Pacaembu, pela 33ª rodada do Brasileirão. Liberado pelo departamento médico, o jogador contou que muitas vezes chorou de tristeza por estar de molho. O jeito foi matar a saudade da bola nos sonhos.

- Não foi um momento fácil, mas agora é bola pra frente Coringão. Tinha dia que eu sentava para ver os jogos e chorava de tristeza, sozinho. Pensei tanto no retorno que até sonhei que estava fazendo gols, treinando normalmente com os companheiros. Foi um período complicado para mim, mas agora vou deixar isso de lado – falou Dentinho, em entrevista exclusiva ao GLOBOESPORTE.COM.

O drama de Dentinho começou no dia 8 de agosto, na vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo, ainda no primeiro turno do Brasileirão. Na ocasião, ele sentiu um problema na coxa esquerda. Durante o processo de recuperação, o atacante machucou a coxa direita, novamente a esquerda e também o quadril. Voltou depois de 13 jogos, no duelo com o Atlético-MG, fora de casa, e se machucou de novo.

Dessa vez foi um problema no músculo posterior da coxa direita. Preocupado, o departamento médico do Corinthians, sob orientação do consultor Joaquim Grava, realizou no jogador um mapeamento genético para saber o porquê de tantas lesões seguidas. Felizmente, a bateria de exames não apontou nada de anormal.

- O que me deu ânimo nesse período foi estar ao lado do Ronaldo e ver que o cara superou vários problemas de lesão. E também todas as brincadeiras que o elenco faz comigo. Eu sou uma pessoa alegre por natureza e os amigos não me deixaram desanimar – acrescentou Dentinho, que já não entra em campo há cinco jogos.

Há três meses com uma conta no Twitter (@mlkdentinho), o atacante alvinegro teve na rede social um porto seguro para agüentar a distância dos gramados.

- O computador foi meu maior companheiro enquanto eu não estava jogando. Pelo Twitter foi possível ficar mais próximo dos torcedores e me comunicar com eles – finalizou Dentinho, que tem mais de 210 mil seguidores na rede social.

A decisão se Dentinho será ou não titular no duelo com o Avaí, na próxima quarta-feira, está nas mãos do técnico Tite. Iarley e Ronaldo são os atuais titulares.

Por: Leandro Canônico

veja também