MENU

Depois da frustração, Lúcio garante início de cabeça erguida no Brasileiro

Depois da frustração, Lúcio garante início de cabeça erguida no Brasileiro

Atualizado: Quarta-feira, 18 Maio de 2011 as 1:01

Lúcio pretende encarar pressão com naturalidade (Foto: Wesley Santos / Pressdigital)

  Na manhã desta quarta-feira ocorreu a reapresentação do grupo do Grêmio, após dois dias de folga consecutivos à perda do título estadual para o Inter.

Antes do início do treino, houve uma conversa de aproximadamente meia-hora da diretoria com a comissão técnica e com os jogadores, remobilizando o grupo a poucos dias da estreia no Brasileirão.

Segundo o meia Lúcio, apesar da frustração com a derrota nos pênaltis no Gre-Nal, todos no Grêmio vão levantar a cabeça para a partida das 16h de domingo, contra o Corinthians, no Estádio Olímpico.

- O grupo está fechado, não vamos entrar cabisbaixos no Brasileiro. Todos estamos abatidos, frustrados, mas temos que levantar a cabeça. Não adianta lamentar, ficar triste - afirmou.

Ainda de acordo com o camisa 11 tricolor, cobrança e pressão neste momento são comportamentos da torcida e da imprensa esperados pelos jogadores. O que conta, agora, é saber lidar com as críticas:

- Quem vem para o Grêmio achando que não haverá cobrança está enganado. A cobrança é natural. A diferença está na maneira como o atleta absorve isso.

Na reunião, os dirigentes do Grêmio também negaram a existência de uma lista de dispensas, embora tentem negociar pelo menos dez jogadores fora dos planos da comissão técnica. Conforme Lúcio, mudanças no grupo são naturais.

- Se vier a acontecer, isso é natural. Alguns jogadores se identificam mais com o clube e ficam mais tempo, outros sem chances vão para outro clube e acabam dando certo. Mas não haverá mudanças bruscas, a diretoria nos falou - concluiu.        

veja também