MENU

Depois de desabafo, Rogério dá voto de confiança ao ataque

Depois de desabafo, Rogério dá voto de confiança ao ataque

Atualizado: Quarta-feira, 7 Julho de 2010 as 10:01

Depois do desabafo do último domingo, Rogério Lourenço mudou o tom do discurso ao comentar o novo ataque que ele observará no jogo-treino contra o Ituano, nesta quarta-feira. Tanto o treinador como o Ronaldo Angelim repetiram o discurso de Zico sobre a falta de opções para o setor ofensivo. Para eles, não adianta criticar a atual situação, mas dar suporte a Vinícius Pacheco, Diego Maurício e Paulo Sérgio, os três jogadores que têm condições de montar o setor para os cinco jogos rubro-negros em julho.

Ao invés de lamentar e pedir reforços emergenciais, Rogério tratou de testar uma nova armação do ataque. Por isso, Diego Maurício será titular no lugar de Paulo Sérgio, e formará dupla com Vinícius Pacheco contra o Ituano.

- Houve a saída de jogadores e sabemos das dificuldades que se tem para buscar reforços. Acho que a diretoria está agindo de forma correta na busca por jogadores de qualidade. Então temos de apoiar quem está aqui enquanto eles não chegam. Enquanto isso, vamos avaliando as nossas opções e já vou observar uma formação diferente neste jogo-treino – explicou Rogério.

Ronaldo Angelim engrossou o coro de que enquanto os reforços não chegam é preciso que os jogadores mais experientes do grupo deixem os mais novos à vontade para jogarem.

- Tem de dar confiança para eles porque são eles quem vão nos ajudar. Sabemos que o time precisa de atacantes, mas vamos confiar nessa garotada. Temos um bom elenco, uma boa equipe e vamos jogar no limite até os outros jogadores se regularizarem. Acho que dá para ir bem até os reforços terem condições – disse o zagueiro.

O Flamengo deve começar o jogo-treino com o Ituano com a seguinte formação: Marcelo Lomba, Leonardo Moura, David, Ronaldo Angelim e Juan; Antônio, Correa, Camacho e Petkovic; Diego Maurício e Vinícius Pacheco.

veja também