MENU

Depois de novo pênalti perdido por Chicão, Mano admite trocar batedor

Depois de novo pênalti perdido por Chicão, Mano admite trocar batedor

Atualizado: Quinta-feira, 22 Julho de 2010 as 11:20

Dois jogos, dois pênaltis perdidos e Chicão pode ficar sem o posto de batedor oficial do Corinthians. Pelo menos, é o que dá a entender o técnico Mano Menezes após o zagueiro desperdiçar uma cobrança na derrota por 3 a 1 para o Atlético-GO, quarta-feira, no Serra Dourada. No domingo, ele já havia chutado para fora uma outra penalidade diante do Atlético-MG.

Mano Menezes entende que o processo de renovação de contrato no qual o jogador está passando pode influenciar no rendimento. Além do pênalti que parou nas mãos do goleiro Márcio, Chicão não teve um bom desempenho em Goiânia. No primeiro gol do Dragão, perdeu a bola ao tentar um drible no meio de campo e armou o contra-ataque.

 - É um segundo fato já. Em dois jogos, foram erros para um jogador que tem um índice altíssimo de acerto. Algo está acontecendo. Já tive uma conversa com ele. Cada jogador vai viver seu momento. Ele está em um momento de renovação. Às vezes, isso mexe de algum jeito. Conversei com ele para não deixar influenciar. Às vezes, o segundo erro tem a ver com o primeiro. Ele errou no outro canto e tento mudar. O Márcio é rápido, acertou o canto e defendeu - afirmou o comandante.

Desde que chegou ao Corinthians, no início de 2008, Chicão havia perdido apenas uma penalidade, contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada, durante as oitavas de final da Copa do Brasil do ano passado. O zagueiro é também um dos cobradores de faltas. Até agora, foram 131 jogos com a camisa alvinegra e 32 gols marcados.

Chicão tem contrato com o Corinthians até 31 de dezembro de 2010. Os representantes dele, os mesmos do goleiro Felipe, já iniciaram as negociações para a renovação. Zagueiro e diretoria admitem que as chances de prorrogarem o vínculo são grandes. Ele, porém, já pode assinar um pré-contrato com qualquer outro clube. Benfica e Sporting, ambos de Portugal, sondaram o atleta.

  Por GLOBOESPORTE.COM Goiânia

veja também