Depois de polêmicas no Engenhão, Felipão volta 'blindado' ao banco

Depois de polêmicas no Engenhão, Felipão volta 'blindado' ao banco

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:28

Felipão volta de suspensão, mas será blindado

para evitar novos problemas (Foto: Agência Estado)

  O técnico Luiz Felipe Scolari volta ao banco de reservas do Palmeiras neste domingo, contra o Cruzeiro, no Pacaembu. Mas mesmo assistindo aos últimos dois jogos das cabines, cumprindo suspensão imposta pelo STJD, Felipão se envolveu em confusões que poderiam prejudicá-lo na sequência do Campeonato Brasileiro. Para evitar mais problemas no retorno do técnico ao banco, a diretoria alviverde arquiteta um modo de blindá-lo da mira de árbitros e tribunais.

- Temos de dar respaldo a ele, até porque está sendo alvo de muita coisa. Mas estamos tranquilos em relação a possíveis denúncias – assegurou o vice-presidente Roberto Frizzo.

Tais denúncias remetem à derrota por 3 a 1 para o Botafogo, quarta-feira, no Engenhão. Lá, Felipão virou alvo do STJD por ter ido ao vestiário mesmo estando suspenso, e ainda foi acusado de ter agredido um fotógrafo enquanto se encaminhava para o elevador do estádio. O próprio Código de Justiça Desportiva, porém, não prevê punição para o fato de o técnico ter acessado o vestiário: ele estava suspenso por jogos, e não por prazo.

Felipão já avisou recentemente que não vai sentar no banco de reservas quando determinados árbitros e auxiliares estiverem em campo. E mesmo quando for a campo, o técnico deve se levantar menos para orientar a equipe, deixando as instruções a cargo do auxiliar Flávio Teixeira, o Murtosa. A atuação de seu fiel escudeiro contra Corinthians e Botafogo agradou.

- O Murtosa é muito experiente e comandou bem a equipe. Não é à toa que está há tanto tempo com o Felipão – elogiou o vice-presidente.

A promotoria do STJD ainda vai analisar melhor o Código para saber se Felipão cometeu uma infração ao entrar nos vestiários, ainda que o artigo 172 preveja apenas a punição quando o técnico é suspenso por prazo. Quanto à suposta agressão, o tribunal espera colher o depoimento do fotógrafo Fernando Soutello, que não se pronunciou durante esta quinta-feira. Em nota, Felipão negou ter agredido o profissional.          

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições