MENU

Depois de ser caçado em campo, W. Paulista mostra estar recuperado

Depois de ser caçado em campo, W. Paulista mostra estar recuperado

Atualizado: Segunda-feira, 31 Janeiro de 2011 as 3:58

Ele voltou. A jogar e a ser caçado em campo. O Campeonato Mineiro ainda está em sua primeira rodada e o atacante Wellington Paulista já sente as consequência de jogar pelo Cruzeiro, um dos favoristos, e de ser um dos jogadores mais 'caçados' em campo.

Menos de 24 horas depois da estreia da equipe na competição, contra a Caldense, ele exibia arranhões e sentia as dores da marcação forte que recebeu em campo. Algo, imagina ele, que tende a piorar.

- O campeonato está só começando. Eu e o Montillo sempre somos os mais caçados e os mais atingidos, pois sempre jogamos de costas.

Sempre sorridente, nem mesmo na hora de contar o quanto foi caçado em campo Wellington Paulista deixa de rir. Ainda mais quando lembrou que o juiz (Cleisson Veloso Pereira) o mandou levantar segundos após ter sido derrubado logo em um dos primeiros lances do jogo.

- Tomei uma no primeiro tempo que me derrubou logo de cara. Foi do capitão da Caldense (zagueiro André). E, aí, o juíz me mandou levantar. Mandou porque não era ele quem estava sentindo dor... Estou acostumado, mas quando é na maldade, eu falo na hora!

Como consequência das pancadas, lá foi Wellington Paulista abrir mão da folga de segunda-feira. Precisou ir à Toca da Raposa II fazer tratamento para diminuir as dores nas costas. Nada que tire o bom humor de quem começou o ano marcando gol logo no primeiro jogo.

- Foi muito bom. Eu participei de duas das três semanas da pré-temporada, pois fiquei tratando do tornozelo e não imaginava que conseguiria jogar os 90 minutos. E consegui. Dores, só da pancada.    

veja também