MENU

Desapontado, Brawn respeita "corajosa" mudança de Button

Desapontado, Brawn respeita "corajosa" mudança de Button

Atualizado: Sexta-feira, 4 Dezembro de 2009 as 12

Um dos principais dirigentes da Honda a partir de novembro de 2007, Ross Brawn enfrentou ao lado de Jenson Button várias dificuldades e, justamente no momento mais alegre da parceria, ela acabou se desfazendo. Sobre o assunto, o novo chefe da Mercedes-Benz GP admite a decepção com a transferência do pupilo para a McLaren, mas ao mesmo tempo respeita a decisão que considera ''corajosa''.

Ao contrário do que já foi especulado, a saída de Button após sete anos na fábrica de Brackley não foi motivada por dinheiro, assim como o próprio campeão mundial de Fórmula 1 já havia garantido. ''Não tem nada a ver com isso. No fim nossa oferta era até mais atrativa que a da McLaren'', confirmou Brawn à revista alemã Auto Motor und Sport.

Nesse contexto, somente a busca por um novo desafio, assunto sobre o qual o piloto já havia falado quando anunciou o futuro há três semanas, justifica a mudança. ''Jenson obviamente queria estar no mesmo carro contra Lewis Hamilton'', analisou o chefe da Mercedes, em referência a primeira parceria britânica da história da equipe de Woking. ''Isso é corajoso e tenho de respeitar''.

Tentando superar o fracasso das negociações, Brawn admite que ''não faria sentido manter alguém que não estivesse satisfeito e visse desafios maiores em outros lugares''. Porém, não esconde a decepção. ''Nós trabalhamos tão bem juntos'', concluiu, saudosista.

veja também