MENU

Desatenção palmeirense e perda de pontos preocupam Felipão

Desatenção palmeirense e perda de pontos preocupam Felipão

Atualizado: Segunda-feira, 13 Junho de 2011 as 10:24

  Foi assim contra o Cruzeiro, na segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Foi assim também contra o Internacional, no último domingo, no Beira-Rio. No momento em que o Palmeiras está vencendo um rival, a desatenção acaba pegando o time no segundo tempo e faz com que a vitória escape. A falha tem sido motivo de preocupação para o técnico Luiz Felipe Scolari, que cobra uma vitória da equipe.

Em Sete Lagoas, o Palmeiras vencia o confronto com o Cruzeiro até os 28 minutos do segundo tempo, quando acabou levando o empate no gol de Ramon – o jogo foi 1 a 1. No Beira-Rio, em um jogo truncado, o Alviverde chegou a fazer o 2 a 1 no Colorado, mas cedeu a igualdade aos 45 minutos do segundo tempo.

Felipão está preocupado com os pontos perdidos

(Foto: Agência Estado)

  - O Palmeiras tem uma boa equipe e está entre o grupo que briga pelo título. Tivemos alguns problemas, um desastre em Curitiba (perdeu de 6 a 0 para o Coritiba pela Copa do Brasil), uma derrota no Paulista que já estava preparada (ainda se queixando da eliminação para o Corinthians no estadual) e nem dá para contabilizar isso, mais uma derrota com a Ponte Preta. O time é bem organizado, mas tem dificuldade para concretizar os gols e manter a vitória – comentou o treinador palmeirense.

Apesar do resultado no Beira-Rio, o Palmeiras se mantém entre os primeiros colocados da tabela. Com oito pontos, quatro a menos que o líder São Paulo, a equipe ocupa a terceira posição do Campeonato Brasileiro.

- É bom estar entre os quatro primeiros colocados, mas tomamos dos gols que nos fizeram perder quatro pontos. Nós poderíamos estar com 12 hoje. Vamos continuar trabalhando para corrigir algumas coisas para que no futuro não aconteça o que aconteceu aqui. Lá na frente que vamos ver o quanto esses pontos farão falta – avaliou.

O Palmeiras volta a jogar pelo nacional neste domingo, às 16h, contra o Avaí, no Canindé.            

veja também