MENU

Desfalcados, Botafogo e Grêmio se enfrentam com reservas no gol

Desfalcados, Botafogo e Grêmio se enfrentam com reservas no gol

Atualizado: Domingo, 26 Junho de 2011 as 9:19

Os dois são pratas da casa e costumam mostrar segurança quando escalados, mas em geral são ofuscados por goleiros da Seleção Brasileira. Com Jefferson e Victor na Copa América, entretanto, Renan e Marcelo Grohe ganham uma chance como titulares, e desta vez um enfrentando o outro. Terão a oportunidade, às 16h deste domingo, de mostrar que técnico e torcida de Botafogo e Grêmio poderão confiar neles neste mês, enquanto os titulares estão na Argentina.  

São dois dos muitos desfalques de cariocas e gaúchos na sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Além de Jefferson, o Botafogo não terá Loco Abreu, Cortês, Arévalo, o recém-contratado Renato e, talvez, Maicosuel, que neste sábado se sentiu indisposto. Já o Grêmio, além de Victor, está sem Fábio Rochemback, Diego Clementino, André Lima e os reforços Miralles e Gilberto Silva.

Apesar de jovens e reservas, Renan e Grohe tem bagagem em seus clubes. Aos 22 anos, o botafoguense já foi titular aos 18 e acumula 75 partidas como profissional. O gremista, que tem 24, está em sua sétima temporada. Ambos já tiveram uma chance neste campeonato, justamente quando Jefferson e Victor estavam com a Seleção para amistosos contra a Holanda e a Romênia. Grohe se saiu melhor: não foi vazado e fez duas defesas difíceis na vitória por 2 a 0 sobre o Bahia no Olímpico. Renan não evitou os dois gols do Ceará no empate por 2 a 2, no Presidente Vargas, e deixou o campo sem ter praticado uma defesa difícil.

O Botafogo ocupa a sexta posição na tabela do Brasileirão, com oito pontos ganhos. O Grêmio, que não venceu nas duas últimas rodadas, soma sete e está na 11ª posição. A TV Globo (somente para o Rio Grande do Sul) e o Premiere 3 (para todo o Brasil, pelo sistema pay-per-view) transmitem o jogo ao vivo. O GLOBOESPORTE.COM acompanha o duelo em Tempo Real, com vídeos. Jailson Macedo Freitas (BA) apita a partida, auxliado por Adailton José de Jesus Silva (BA) e José Oliveira dos Santos (BA).

Botafogo: depois de uma vitória e um empate, o Botafogo busca um novo triunfo para fechar com sete pontos a sequência de três partidas consecutivas disputadas no Engenhão. Um resultado positivo neste domingo, combinado a tropeços de adversários diretos, pode levar o Alvinegro pela primeira vez ao G-4.

Grêmio: sem vencer há dois jogos, o time do Grêmio começa a ser contestado pela torcida e foi vaiado até durante um treino nesta semana. As más atuações nas últimas rodadas colocaram em xeque a qualidade do elenco tricolor. Enquanto Renato Gaúcho cobra reforços, a equipe precisa reagir em campo. Um bom resultado, neste domingo, no Engenhão, é fundamental para o clube gaúcho se aproximar do pelotão da frente. Por sua vez, uma derrota pode estourar uma crise no Olímpico.

  Botafogo: Caio Júnior promoveu duas mudanças em relação ao time que empatou com o Flamengo, na última rodada. O goleiro Renan e o lateral-esquerdo Márcio Azevedo ganham uma oportunidade entre os titulares. No treino de sábado, Maicosuel foi poupado por conta de uma indisposição. O jogador deve jogar, mas será reavaliado neste domingo. Caso não tenha condições de jogo, Alex deve ser o substituto. O Botafogo entrará em campo com a seguinte formação: Renan, Alessandro, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Lucas Zen, Everton e Elkeson; Maicosuel (Alex) e Herrera.

Grêmio: Renato Gaúcho esconde o jogo, mas tudo leva a crer que o time terá mudanças, inclusive no esquema de jogo. Ele deve deixar de lado o tradicional 4-4-2 e escalar apenas um atacante na frente. No último treino da semana, o treinador escalou a equipe com Rafael Marques na zaga, Marquinhos no meio-campo e apenas Lins no ataque. Com isso, Saimon e Júnior Viçosa devem deixar o time. Fábio Rochemback está fora por suspensão. O jovem Fernando será o substituto. Com Victor na Seleção Brasileira, Marcelo Grohe terá outra oportunidade entre os titulares. O Grêmio deve começar a partida no Engenhão com Marcelo Grohe, Gabriel, Mário Fernandes, Rafael Marques, Neuton; Fernando, Willian Magrão, Lúcio, Marquinhos, Douglas; Lins.

Botafogo: Jefferson integra a Seleção Brasileira que disputará a Copa América. Loco Abreu e Arévalo defendem o Uruguai, que disputará a mesma competição. Já o lateral-esquerdo Cortês se recupera de lesões nos dois joelhos e tem retorno previsto para daqui a três semanas. Indisposto, Maicosuel foi poupado do treino de sábado e será reavaliado antes da partida.

Grêmio: além de Fábio Rochemback (suspenso) e Victor (com a Seleção), o Grêmio não terá  uma série de desfalques. Mesmo com a abertura da janela de transferências internacionais, Miralles e Gilberto Silva ainda não têm condições físicas para estrear. André Lima, Diego Clementino e Adílson seguem no departamento médico.

Botafogo: Marcelo Mattos.

Grêmio: Fernando.

Botafogo: a partir deste domingo, Renan terá a responsabilidade de substituir o ídolo Jefferson, que representará a Seleção Brasileira na Copa América. Com a experiência de quem já vestiu a camisa 1 por muitas vezes desde que foi promovido aos profissionais, em 2008, o goleiro de 22 anos se diz pronto para cumprir a missão.

Grêmio: Marquinhos terá sua primeira chance como titular no Grêmio. Após se apresentar fora de forma, o meia seguiu a cartilha de Renato Gaúcho e perdeu alguns quilos. O jogador dividirá a responsabilidade de criação do time com Douglas.

Caio Júnior, técnico do Botafogo: “Minha expectativa para essa partida é muito positiva, depois de uma semana de trabalho tão boa. Mas lógico que jogo é jogo e, além disso, teremos um adversário muito difícil pela frente."

Renato Gaúcho (técnico do Grêmio) : “ Treinamos duas formações diferentes, e qualquer uma delas pode começar o jogo. Estou procurando ser o mais leal o possível com o grupo para que a gente possa buscar a vitória no Rio de Janeiro. ”

* Quem venceu mais? Confira o histórico do confronto na Futpédia.

* Botafogo e Grêmio estão entre os cinco times que menos finalizam neste Brasileirão. Os cariocas concluíram a gol 57 vezes, 13 delas com Elkeson. Já os gaúchos tiveram 46 finalizações. O líder nesse quesito no time é o meia Douglas, com 11.

* O Botafogo não vence o Grêmio há quase três anos (ou cinco jogos). A última vez foi em 6 de julho de 2008, quando fez 2 a 0, no Engenhão, com gols de Túlio e Zé Carlos, pelo Campeonato Brasileiro. Neste período, foram três vitórias do Grêmio e dois empates.

* No Rio de Janeiro, foram 20 confrontos pelo Campeonato Brasileiro, com vantagem botafoguense. São dez vitórias (e 34 gols) e cinco empates, contra cinco triunfos do Grêmio (e 25 gols), o último em 2001. Desses 20 jogos, foram 11 no Maracanã, cinco no Caio Martins, três no Engenhão e um em São Januário.

Na última vez em que se encontraram, Grêmio e Botafogo decidiram uma vaga na Libertadores deste ano. Pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2010, no dia 5 de dezembro, o Tricolor gaúcho levou a melhor, venceu por 3 a 0 e conseguiu a classificação. O Grêmio não encontrou dificuldades e construiu o placar com tranquilidade. André Lima e Jonas marcaram no primeiro tempo, e Douglas fechou o placar com um gol no início da etapa final. Mais de 41 mil torcedores prestigiaram a partida no Olímpico.          

veja também