MENU

Destaque nas estatísticas, Xandão comanda a nova defesa do São Paulo

Destaque nas estatísticas, Xandão comanda a nova defesa do São Paulo

Atualizado: Sexta-feira, 10 Junho de 2011 as 9:37

Mesmo desfalcada, a defesa do São Paulo passou por mais um teste de fogo no Campeonato Brasileiro ao vencer o Atlético-MG por 1 a 0, em Sete Lagoas (MG), na última quarta-feira. E, além das belas defesas do goleiro e capitão Rogério Ceni, o ótimo desempenho do setor se deve ao desempenho de Xandão, que fez uma de suas melhores partidas com a camisa do São Paulo. Desde que assumiu a vaga de Alex Silva, o camisa 13 está crescendo a cada partida de produção. Contra o Galo, os números ratificam seu desempenho: não cometeu faltas, fez seis desarmes, acertou 14 passes, errou dois e ainda roubou três bolas.

Um dos destaques na vitória sobre o Atlético-MG, na noite da última quarta-feira, Xandão abraça Rogério Ceni ainda no gramado da Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (Foto: VIPCOMM)

  - Fico feliz de conseguir dar a volta por cima e mostrar o meu valor. Com trabalho e dedicação, estou aproveitando a oportunidade, era tudo o que queria. O momento não poderia ser melhor, o time é líder do Brasileiro e a defesa ainda não tomou gols no campeonato – afirmou o jogador, bastante contente.

  Xandão começou a temporada como uma espécie de 12º jogador da equipe. Além de reserva imediato para o esquema 3-5-2, ele era efetivado como titular sempre que Carpegiani mudava a formação para o 4-4-2. Tanto que, das 31 partidas disputadas, ele esteve em 22. Desde a saída de Alex Silva, que foi dispensado antes do final do seu contrato, o beque se tornou titular absoluto e só cresceu de produção.

O desempenho do camisa 13 chama a atenção também nas estatísticas. O São Paulo é o segundo time que mais fez desarmes no campeonato (79), atrás apenas do Corinthians. E Xandão é quem mais se destaca neste quesito, com 19. A equipe é a terceira que mais rouba bolas no torneio (50), atrás de Flamengo (63) e Avaí (52), e o defensor é o segundo melhor, com nove intervenções, duas a menos que Wellington. O grandalhão de 1,93m marcou apenas três faltas no Brasileirão, sofreu cinco infrações e ainda não tomou cartões amarelos.

Além da clara evolução pessoal, Xandão demonstra empolgação com o desempenho da equipe.

- Estamos conseguindo dar a volta por cima porque o time está encarando cada partida como uma decisão. Queremos apagar por completo o que aconteceu no jogo contra o Avaí. É claro que ainda não ganhamos nada e que falta muito campeonato, mas sem dúvida, é uma alegria poder terminar a rodada na liderança do Campeonato Brasileiro. É sempre bom somar três pontos, principalmente quando o time ganha fora de casa - ressaltou.          

veja também