MENU

Di Grassi descarta rivalidade com Bruno Senna na F-1

Di Grassi descarta rivalidade com Bruno Senna na F-1

Atualizado: Sexta-feira, 18 Dezembro de 2009 as 12

O piloto brasileiro Lucas di Grassi, da Virgin Racing, descartou nesta quinta-feira (17) uma disputa particular pelo título de melhor novato da próxima temporada da Fórmula 1 com Bruno Senna, da Campos. O piloto concedeu entrevista coletiva após a confirmação de que correrá pela Virgin.

''Bruno é meu amigo e vou tentar vencê-lo na pista como faria com qualquer outro piloto. Lutarei contra ele da mesma forma como contra os outros 25''.

O ex-piloto de testes da Renault admitiu que teve dificuldades de patrocínio por não ter um ''sobrenome famoso'', mas não fez feito referência direta a Nelsinho Piquet, filho do tricampeão mundial Nelson Piquet e que correu em 2008 pela escuderia francesa.

''Sempre lutei por patrocínios com outros pilotos com sobrenomes de peso. As empresas tendiam a patrociná-los e não quem estava em ascensão''.

Sobre a nova escuderia, Di Grassi falou que conhece ''a história da Manor'', equipe que deu origem à Virgin Racing.

''Sei que eles são sérios, não iriam entrar na Fórmula 1 para sair rapidamente. A Virgin vai chegar para fazer um trabalho sólido e inovador''.

Di Grassi e Bruno Senna foram adversários na GP2, considerada a principal categoria de acesso à F-1. Em 2007, o sobrinho de Ayrton Senna estreou e terminou em oitavo lugar, enquanto Di Grassi foi vice-campeão. No ano passado, Bruno Senna foi segundo na temporada e superou Di Grassi, que não disputou as seis primeiras etapas do campeonato, mas mesmo assim terminou em terceiro lugar.

Di Grassi aproveitou para destacar a ampla participação brasileira na próxima temporada da F-1, que também terá Felipe Massa, da Ferrari, e Rubens Barrichello, da Williams. Ao lado do alemão Timo Glock, ex-Toyota, Di Grassi estreará na máxima categoria do automobilismo em 14 de março, no Grande Prêmio do Barein, o primeiro da temporada.

veja também