MENU

Diante de suíço inspirado, Murray é primeiro top 5 eliminado no US Open

Diante de suíço inspirado, Murray é primeiro top 5 eliminado no US Open

Atualizado: Segunda-feira, 6 Setembro de 2010 as 9:11

Os 58 golpes indefensáveis de Stanislas Wawrinka foram demais para Andy Murray. Em uma tarde inspirada, distribuindo pancadas de direita e esquerda e subindo à rede com eficiência, o suíço número 27 do mundo protagonizou a zebra de maior peso no US Open até agora e eliminou o escocês quarto colocado no ranking. As parciais foram de 6/7(3), 7/6(4), 6/3 e 6/3, e o jogo deste domingo durou 3h55m.

A inesperada derrota marca a pior campanha de Andy Murray no US Open desde 2007, quando ainda não figurava no top 10. Em 2008, o escocês foi vice-campeão e no ano passado, caiu também de forma inesperada nas oitavas de final, superado pelo croata Marin Cilic.

Wawrinka, por sua vez, iguala sua melhor campanha em Flushing Meadows e alcança as oitavas de final pela terceira vez. Em 2007 e 2008, não conseguiu passar às quartas, superado por Juan Ignacio Chela e pelo próprio Andy Murray, respectivamente. Desta vez, o suíço ex-top 10 (número 9 do mundo em 2008) medirá forças contra o americano Sam Querrey (22), que vem de vitória sobre o espanhol Nicolás Almagro por 6/3, 6/4 e 6/4.

Chances perdidas nos sets iniciais

Os dois primeiros sets foram duríssimos, e ambos tiveram suas chances. Wawrinka sacou para fechar a parcial inicial, mas teve seu serviço quebrado e deixou que Murray vencesse o tie-break. No segundo set, foi o escocês quem sacou para o set, mas Wawrinka devolveu a quebra e forçou novo game de desempate. Desta vez, foi o suíço que saiu vencedor.

Quando o terceiro set começou, a partida já tinha mais de 2h20m, e o fator físico entrou em jogo. Wawrinka abriu 4/1 e logo pediu massagem na coxa. Quando o suíço fechou a parcial, foi o escocês que pediu atendimento médico.

Sem encontrar uma maneira de desequilibrar o suíço, que estava em tarde inspirada e já somava 47 golpes vencedores, Murray mostrava-se irritado no começo da quarta parcial e permitiu uma quebra logo no primeiro game. Wawrinka devolveu a gentileza, mas voltou a quebrar no quinto game e, desta vez, consolidou a vantagem abrindo 4/2 em seguida.

Murray ainda salvou dois break points no sétimo game, mas não resistiu no nono e teve seu serviço quebrado mais uma vez e deu adeus ao torneio.

fonte: Globo Esporte

Postado por: Juliana Melo

veja também