MENU

Diego Souza: 'Claro que o respeito será maior por causa da conquista'

Diego Souza: 'Claro que o respeito será maior por causa da conquista'

Atualizado: Quinta-feira, 16 Junho de 2011 as 9:43

Diego Souza diz que dias antes da final foram de

grande pressão (Foto: Maurício Val/Fotocom.net)

  No início do ano, o Vasco chegou a virar alvo de chacotas por causa do péssimo momento que viveu na Taça Guanabara. Mas o tempo passou, as mudanças aconteceram e agora o time da Colina está nas nuvens depois da conquista do título da Copa do Brasil. Para o meia Diego Souza, os adversários passaram a ver a equipe com outros olhos, com um respeito maior.

O camisa 10 disse que, por causa da garantia da vaga na Libertadores, só interessa ao Vasco a luta pelo título do Campeonato Brasileiro.

- É claro que o respeito ao Vasco será maior por causa da conquista. O que pensamos é chegar no primeiro lugar, o que nos importa é o título. A Libertadores nós já temos. Precisamos ficar entre os quatro e lutar na reta final pela taça. Pretendo dar mais trabalho aos funcionários, que terão que colocar mais fotos de título na parede.

Diego Souza comentou sobre a alegria da última semana, que foi marcada pela comemoração do título. Ele lembrou que antes da decisão contra o Coritiba os jogadores cruz-maltinos foram alvo de pressão por todos os lados.     - Foi uma semana maravilhosa. Passamos momentos com a família, o que era difícil. O Ricardo deu uma folga boa. Agora estamos descansados e concentrados nesta sequência do Brasileiro. Quem não acreditava no Vasco, passou a olhar diferente já depois das quartas de final. Os que torcem contra, falavam que o time seria vice. O melhor era nem ir para rua. Isto nos chateava bastante. Não queria que esta situação permanecesse. Felizmente fizemos o resultado para sermos campeões.

Estão todos felizes e com muita disposição, sabemos que podemos brigar também no Brasileiro. A conquista do Vasco não teve sabor de ressurreição apenas para o clube. Depois de um 2010 ruim e um início de altos e baixos na Colina, em 2011, Diego Souza conseguiu ser decisivo novamente. O camisa 10 lembrou das dificuldades atravessadas e comemorou ter crescido de produção no momento que a equipe mais precisava.

- A crítica aparece quando não joga se bem, quando não se faz o que está acostumado a fazer. Sabia que precisava trabalhar mais do que os outros, ter uma sequência. Foi isso que fiz. Pedi para jogar e o Ricardo já me colocou contra o Botafogo. Fui aos trancos e barrancos, tive um corte no pé, mas entrei em campo mesmo assim nos jogos seguintes. Aos poucos fui ganhando ritmo e condicionamento, felizmente no momento que mais precisava.

Sétimo colocado no Brasileiro com sete pontos, o Vasco enfrenta o Grêmio no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no Olímpico.        

veja também